Ouça agora este podcast!

“058 Azul de metileno – energia para o corpo e para a mente!”

Você já imaginou usar aquele corante azul que as mulheres usam para tingir o cabelo debaixo da sua língua? Já pensou, esse corante foi descoberto no final do século XIX com objetivo de tratar malária e agora é o queridinho para turbinar o corpo e a mente. 

Olá, aqui é Abílio Seronni, seu Doutor Saúde, do dicas curtas e se você quer saber mais sobre esse fantástico nutriente fique comigo para aprender 7 dicas de consumo.

Então vamos lá! 

 

Linus Pauling já foi citado em episódios anteriores, ganhador de 2 prêmios Nobel, o químico do século XX, o cara que mais estudou os antioxidantes, a vitamina C, o SOD (superóxido dismutase) para tratar o cancro que ele mesmo tinha. Hoje, vamos falar de mais um poderoso antioxidante, aquele que doa elétrons para estabilizar a molécula e fazer a sua redução – o azul de metileno.

Mas afinal, o que é ser antioxidante? Em outras palavras, imagina o seu portão de ferro. Agora imagina ele pegando sol e chuva, no final de 3 meses ele vai enferrujar, para isso não acontecer você vai lá e passa zarcão, um produto protetor, que não deixa enferrujar, não deixa oxidar, assim funciona o azul de metileno no nosso corpo, como antioxidante, prevenindo contra a presença de radicais livres, os ferrugens do nosso corpo que envelhecem e encurtam nossos telômeros – marcador de vida existente no final do nosso cromossoma alojado em nosso DNA. Este corante é tão mágico que ele é capaz de doar a si mesmo elétrons para se auto estabilizar. Fascinante, não? 

Agora que você aprendeu que o azul de metileno é um poderoso transportador de elétrons na nossa mitocôndria – o motorzinho da nossa célula, vamos conhecer agora 7 dicas mais comuns de consumi lo.

Antes de falar das dicas, eu te pergunto: você sabia que a toxoplasmose, esse parasita transmitido principalmente por alimentos contaminados e fezes de gato pode não aparecer no seu exame de sangue, saliva e de cabelo e continuar assintomático por anos em nosso corpo? Mas felizmente ele pode ser detectado em exames de biorressonância, um método de diagnóstico ainda não reconhecido pela ANVISA mas muito utilizado por médicos integralistas que vem salvando muitas vidas com essa nova abordagem terapêutica. 

 

Agora, preste atenção nas dicas para consumo deste poderoso antimicrobiano – o azul de metileno:

 

Dica 01: Síndrome da fadiga crônica – você dorme e dorme e acorda com um cansaço extremo e contínuo. Algumas dessas 03 glândulas certamente estão comprometidas: tireoide, pâncreas ou adrenais, ou todas elas! Isso faz com que os hormônios T3, insulina e cortisol estejam em desequilíbrio levando ao quadro de hipotireoidismo, diabetes, hipertensão e dislipidemia e o azul de metileno serve justamente para aumentar a produção de energia. A dica aqui é associar com coenzima Q10, ômega 3(DHA) e óleo de hemp pois o azul de metileno é lipofílico, ou seja, melhor absorvido na presença de gordura. 

Dica 02: Emagrecimento – regula os hormônios Gh, testosterona e cortisol, melhorando a queima de gordura e também atua aumentando o MPK, via que facilita a queima de gordura e ainda combate a gordura do fígado chamado esteatose hepática! A dica é consumir 20 minutos antes do treino;

Dica 03: Memória e inteligência – aqui encontramos a esperança para o Alzheimer. Ele melhora a função cognitiva cerebral, ajuda a fixar o foco e a memória de curto, médio e longo prazo. Tem sido muito usado no combate a doenças degenerativas, principalmente o Alzheimer, pois inibi o glicogênio sintaxe cinase 3 destruindo as placas beta amelóides responsável por esta enfermidade. Os doentes com Alzheimer tratados com azul de metileno registaram menos 81% de deterioração mental, segundo um estudo da Universidade escocesa de Aberdeen, apresentado na conferência internacional sobre Alzheimer, a decorrer em Chicago (Estados Unidos).  A dica é consumir de 1 a 4 mcg/kg/dia;

Dica 04: Humor– este corante aumenta os neurotransmissores do bem estar como dopamina, noradrenalina e feniletilamina (o hormônio da paixão). A dica é não consumir o azul de metileno junto com antidepressivos ou se for paciente renal crônico ou usuário de drogas e de glicose 6 fosfato desidrogenasse;

Dica 05:  Transtornos psiquiátricos– combate depressão, síndrome do pânico, transtorno bipolar, autismo pois melhora a oxigenação do corpo e da mente, ajuda no processo de detoxificação dos metais pesados, disbiose e por ser antimicrobiano, ajuda na desparasitose, beneficiando melhora da nutrição. A dica aqui é não perder tempo, se você tem algum transtorno faça uso do azul de metileno manipulado, livre de metais pesados na qualidade P.a, ou seja, pró análise ou padrão USP;

Dica 06:  Rejuvenescimento sempre digo que a melhor forma de rejuvenescer é oxigenar a pele com ozônio ou peróxido de hidrogênio e o azul de metileno tem ação vasodilatadora, melhorando o fluxo capilar, atua nas hemácias favorecendo no transporte do oxigênio, inibindo a inflamação e o encurtamento dos telômeros, aumento da elastina e atua nas manchas senis; A dica aqui é usar sempre antes de dormir pois ajuda também a proteger a formação da melatonina, o hormônio do sono;

Dica 07:  Degeneração macular – no fundo do nosso olho tem a retina onde se forma a imagem, depois dos 50 anos de idade é comum o acúmulo de gordura nessa região causando a degeneração macular, comprometendo nossa visão. É uma das principais causas de cegueira e isso pode ser prevenido com vitaminas e o azul de metileno;

A lista completa das principais dicas você encontra no link da descrição.

link: http://seronni.com.br/azuldemetileno

Resumindo, esse corante deve ser consumido via sub lingual para atuar a nível cerebral e ter seus poderes medicinais ampliados. Poderíamos passar o dia todos falando dos seus benefícios que são bem superiores em relação a vitamina C e E. Falar dos seus poderes anti microbianos contra malária, dengue e febre amarela!

No próximo episódio vamos falar sobre dióxido de cloro – uma esperança para o Autismo!

 

Então, o que você achou dessas dicas, qual assunto você gostaria de saber mais a respeito?

Ficou com alguma dúvida? Venha fazer parte da nossa comunidade no Facebook O Doutor Saúde e sanar todas suas dúvidas!

Curta, comente e compartilhe usando o iTunes e assine este podcast no seu dispositivo Apple, através do aplicativo podcast ou no seu dispositivo Android usando o aplicativo podcast da sua preferência, assim você fica sabendo sempre quando tiver um novo episódio, e é claro, estamos também no Spotify e no Dezzer.

Continue acompanhando este podcast eu sou Abílio Seronni, o doutor saúde do dicas curtas.

Um abraço e até a próxima semana.

Pin It on Pinterest

Share This