Ouça agora este podcast!

“029 Como começar a estudar para Concurso Público?” Muitas vezes, parece que estudar em alto nível para uma prova de concurso é coisa de outro mundo. Talvez até você ache que você precisa investir muito dinheiro com sessões de coaching ou até mesmo em cursos caros.

Neste episódio vou te mostrar que é sim perfeitamente possível começar a estudar para concurso público em alto nível sozinho, ou sozinha. Eu quero que você entenda que toda essa aura de dificuldades existe simplesmente por não saber estudar.

Por isso, o episódio de hoje tem o objetivo de te mostrar como iniciar os seus estudos da maneira correta, ou seja, tendo como base o edital do concurso que você deseja passar e, é claro, realizando um planejamento adequado das suas atividades de estudo. Até porque o direcionamento correto dos seus esforços, dia após dia, é o que te aproxima cada vez mais da sua aprovação. E, nesse episódio, nós entramos em uma etapa estratégica do nosso Podcast, o Mestre em Concursos. 

Se você está me ouvindo pela primeira vez, é importante que você retorne ao final desse episódio e ouça os nossos episódios desde o começo, justamente pelo fato deles terem sido pensados e produzidos seguindo uma lógica dentro do processo de uma preparação adequada.

Eu sou Pablo Amorim, o Mestre em Concursos do Dicas Curtas e, semanalmente, trago aqui neste podcast, várias dicas e informações para ajudar você a ter alta performance nos estudos e conquistar a sua aprovação mais rápido em um concurso público.

Então, para que você não perca nenhuma dica e fique atualizado com todas as informações que estarei compartilhando aqui, basta assinar o podcast e acompanhar todas as semanas o Mestre Em Concursos Públicos do Dicas Curtas.

Agora, vamos ao que interessa!

 

Como escolher um concurso

Escolher um concurso para prestar é o início de toda preparação.

E apesar de parecer uma tarefa bem simples, na prática exige uma certa reflexão sobre suas aptidões profissionais, seu momento atual de vida, e claro, também a questão salarial. 

Eu costumo orientar sempre que o primeiro fator a ser observado seja a questão da aptidão com as atribuições do cargo que você aspira assumir.

Lembrando que a sua escolha pode ser definitiva e você pode vir a passar vários anos trabalhando no mesmo órgão público e, obviamente, você não quer passar toda uma carreira exercendo uma função que não goste.

Outro aspecto importante tem relação direta com a sua fase de vida. Vamos supor que você esteja em um momento em que necessite passar rápido em um concurso por estar desempregado, por exemplo. Ou talvez, até mesmo trabalhe em um emprego muito ruim, que não te proporcione a dignidade e qualidade de vida que você merece. Então, a depender da sua necessidade, talvez seja interessante escolher, em um primeiro momento, um concurso com muitas vagas disponíveis, e que seja mais fácil conseguir ingressar.

Para então, depois que já estiver trabalhando, buscar algo melhor para você. Talvez você ainda não tenha nível superior, e nesse caso é interessante concluir uma faculdade que seja rápida para prestar um concurso desse nível de escolaridade, ou buscar um curso que você queira se formar para realizar um concurso nesta área específica.

Existem ainda os casos de estudantes mais jovens, que não possuem muita pressão por começar a trabalhar com certa brevidade. E, se for o seu caso, você tem basicamente duas opções:

A primeira é buscar um cargo já razoável para prestar o concurso, por exemplo, os cargos de técnico judiciário. Para então, cursar uma faculdade com tranquilidade, já com um bom salário, e contribuindo para a sua aposentadoria e buscar um concurso mais selecionado depois. 

A segunda opção é cursar uma faculdade antes de prestar concurso. E neste caso você já começa a se dedicar aos concursos buscando um cargo também de uma categoria superior de cargos públicos.

Enfim, essas não são regras rígidas, mas apenas algumas recomendações para que você possa fazer a sua escolha com mais tranquilidade.

 

Faça uma análise detalhada do edital do concurso

Escolhido o concurso que você vai prestar, é hora conhecer as regras do jogo. E para isso, o primeiro passo é analisar o edital do concurso que você escolheu. Lembrando que, se o concurso já estiver aberto, você precisa analisar o edital publicado.

Porém, caso o concurso ainda não tenha previsão de publicação do seu edital, verifique o edital do último concurso realizado. Nesses casos, geralmente não ocorrem muitas mudanças de um concurso para o seu subsequente. Eu costumo dizer que o edital é a Bíblia do Concurso. Ele traz todas as informações e regras referente ao certame em questão.

Como, por exemplo, os requisitos do cargo, escolaridade, se possuem ou não exigência de formação específica em alguma área, os requisitos de saúde, ou até mesmo se existe exigência de teste de aptidão física e outros requisitos que possam vir a ser cobrados. 

São informações vitais como a quantidade de vagas, a remuneração do cargo, além de suas atribuições. Além disso, ele informa todo o cronograma do concurso, o estilo de prova, se é certo ou errado ou de múltipla escolha.

E o mais importante, ele nos informa o conteúdo programático da prova, ou seja, as matérias que podem ser cobradas na prova em si. E é nessas informações que você começa a estruturar a sua preparação. Podendo, inclusive, optar por não prestar mais este concurso e escolher uma outra opção.

O importante é tomar ciência de todas essas informações para que você possa estar seguro de sua escolha e iniciar a execução do seu plano de ação certo de que escolheu a melhor opção para você.

 

Realizando um planejamento adequado

Depois de escolher um concurso ideal para você, baseando-se nas informações que você aprendeu hoje e realizando uma análise detalhado do edital, é chegada a hora de se traçar o seu planejamento. 

E ele é o seu plano de ação, que vai guiar as suas ações desde o seu primeiro dia de efetivo estudo. Nós já falamos sobre planejamento e metas de estudo nos primeiros episódios do nosso Podcast, por isso, mais uma vez eu gostaria de frisar a importância de você ouvir toda a nossa produção na sequência em que eles estão disponibilizados. 

Mas, hoje, eu vou resumir um pouco o assunto, até porque é importante que você tenha o mínimo de noção de planejamento, caso esta seja a primeira vez que você ouve um dos nossos episódios. 

O planejamento é uma forma de organizar a sua rotina, para que você consiga conduzir os seus esforços com direcionamento adequado aos seus objetivos de estudo, ou seja, dar conta de estudar o conteúdo necessário para a sua prova. E tudo começa com uma gestão adequada do uso do seu tempo disponível para estudar. 

Por isso, é importante que você realize um mapeamento de toda a sua rotina diária e separe um tempo no seu dia para se dedicar aos estudos.

Você não precisa começar com muitas horas, mas um tempo entre uma e duas horas para se adaptar já são suficientes. E, então, você vai aumentando gradativamente esse tempo, de acordo com a sua necessidade e disponibilidade. 

Existe uma pergunta muito comum entre os estudantes iniciais que é o seguinte:

Qual é a quantidade ideal de horas de estudo por dia?

E o que eu aprendi através dos meus estudos é que não existe uma quantidade ideal de horas fixa. Mas sim, o máximo que você conseguir estudar com alto rendimento e com o mínimo aceitável de qualidade de vida. 

Portanto, priorize o equilíbrio entre as áreas da sua vida, na hora de definir a sua quantidade de horas diárias para se dedicar exclusivamente aos estudos.

 

Resumo

No artigo de hoje nós vimos algumas boas práticas para começar a estudar para concurso público da maneira correta. Então, para te ajudar a fixar melhor tudo o que nós conversamos hoje, que tal nós fazermos um rápido resumo de todo o conteúdo?

  • Na primeira parte deste episódio, nós vimos que o primeiro passo lógico é escolher um concurso ideal para você. E você aprendeu que essa escolha depende de uma série de fatores, mas , você deve levar em consideração, principalmente, a sua condição de vida atual. Obviamente alguns outros fatores também são importantes. Porém, não existe uma regra fixa para que você faça a sua escolha, eu procurei te mostrar um norte para facilitar a sua decisão.
  • Em seguida, porém não menos importante, está um passo fundamental, que é realizar uma análise detalhada do edital do concurso desejado por você. E conhecer o edital, significa conhecer todas as regras do concurso, inclusive os requisitos, para que você saiba se possui ou não condições de assumir o cargo caso venha a obter a aprovação no certame.
  • E, para finalizar, fizemos uma pequena revisão no conceito de planejamento adequado, que começa por mapear o uso do seu tempo diariamente e separar um espaço na sua agenda para se dedicar exclusivamente aos estudos. Aliás, um tema que nós já abordamos em episódios anteriores e que é fundamental para buscar a sua aprovação.

 

Espero que tenha gostado do episódio de hoje!

 

Se você gostou curta, comente e compartilhe o Dicas Curtas em suas redes sociais. E caso fique com alguma dúvida, me procura lá no grupo do Mestre em Concursos no Facebook, pois estarei à disposição para esclarecer todas elas. Assine e acompanhe esse podcast através do seu dispositivo Apple ou Android, sendo que você também pode encontrar o Mestre em Concursos  no Spotify e no Deezer.

Agora um anúncio muito importante:

Sabia que a partir de agora você também pode ajudar o Dicas Curtas a crescer ainda mais fazendo parte do grupo de “Apoiadores do Dicas Curtas”?

Com incentivos a partir de 1 real por mês, você ajudará o Dicas Curtas a alcançar mais pessoas, incluir novos experts, e claro, ter acesso ao grupo de apoiadores no Facebook para receber conteúdos especiais e ter acesso a lives exclusivas para poder tirar suas dúvidas ao vivo com o expert de sua preferência.

Para ser um apoiador basta acessar o site: apoia.se/dicascurtas 

O link vai estar disponível na descrição do episódio!

Ficamos por aqui e até a próxima semana com mais uma dica do Mestre em Concursos!

Pin It on Pinterest

Share This