Ouça agora este podcast!“004 Como Estudar Com Mais Concentração”

Alguma vez você já teve a sensação de que a sua mente parecia estar voando entre os seus pensamentos na hora em que você deveria estar concentrado nos estudos?

É muito comum os estudantes sofrerem com a falta de concentração. E se esse for o seu caso, não se preocupe, esse episódio é para você. Portanto, fique comigo até o final e eu vou te mostrar 3 técnicas muito simples para te ajudar a ter mais concentração para estudar e obter um alto rendimento nos estudos.

A Concentração é uma habilidade do nosso cérebro em selecionar determinada informação ou item do ambiente e desconectar-se de todo o restante. É como se nós pudéssemos voltar toda a nossa atenção somente para o que for de nosso interesse. Até aí parece muito simples, mas na hora de estudar, nem sempre conseguimos seguir essa lógica.

De acordo com o estudo realizado pelo pesquisador e professor especializado em Neurociência William O’Connor temos o seguinte:

“O córtex pré-frontal (atrás da testa) está encarregado da concentração intencional; se você está estudando para uma prova ou realizando uma determinada tarefa que requeira a sua atenção exclusiva por um certo período de tempo, é dessa área que vem o impulso necessário.

Por outro lado, se ocorrer um evento não intencional, súbito, e até extremo, temos a ativação do córtex parietal (atrás da orelha).

Então é como se existisse uma parte do nosso cérebro responsável pelas atividades que exigem concentração, e outra que funciona como um radar, e fica responsável por nos dar os alertas que exigem a nossa atenção. A verdade é que você precisa treinar a parte do seu cérebro responsável pela concentração para focar em uma única tarefa por um período de tempo, da mesma forma que precisa treinar o seu corpo para atividades físicas ( fazer musculação, jogar capoeira, dançar um pouco ou correr uma maratona). Da mesma forma você, precisa se acostumar a resistir às tentativas de interrupção também causadas pelo seu cérebro. Quanto mais você conseguir aumentar o seu nível de concentração, maior será o seu desempenho como estudante.

Eu sou Pablo Amorim, o Mestre dos Concursos do Dicas Curtas e, semanalmente, trago aqui neste podcast, várias dicas e informações para ajudar você a ter alta performance nos estudos e conquistar a sua aprovação mais rápido em um concurso público.

Então, para que você não perca nenhuma dica e fique atualizado com todas as informações que estarei compartilhando aqui, basta assinar o podcast e acompanhar todas as semanas o Mestre Em Concursos Públicos do Dicas Curtas.

Agora, vamos ao que interessa!

 

Você começa a se preparar para encarar mais uma rotina de estudos, deixa o celular longe desligado das redes sociais, WhatsApp, reuniu o material de estudo, deixando tudo muito bem organizado. A TV está desligada, você está sem conexão com a Internet, trata de providenciar água e um lanche, e faz até um café. Tudo para ficar sozinho, em silêncio, e seguir todo aquele planejamento para te ajudar a aumentar o seu rendimento quando estiver na hora de estudar, mas… Você não consegue se concentrar? Então Como Estudar?

Mesmo depois de todos esses preparativos, os seus pensamentos voam para longe. Você pensa em tudo, menos na bendita matéria que você se programou para ler. Se você já passou por uma situação como essa, ou ainda está passando e não consegue superar essa dificuldade, no episódio de hoje eu quero te apresentar 3 técnicas muito simples que vão te ajudar a aumentar o seu nível de concentração e a conseguir estudar melhor.

Você pode usar cada uma delas separadamente, ou combiná-las da forma que você se sentir melhor e que te faça ter um melhor rendimento. Nada aqui é rígido, use o que funcionar melhor para você. Mas, antes, vamos quebrar um mito muito comum, que é acharmos que somos capazes de nos concentrarmos em várias coisas ao mesmo tempo.

Não é raro os estudantes acharem que conseguem, por exemplo, estudar e assistir televisão ao mesmo tempo, ou ainda, fazer uma pesquisa na internet enquanto olha o WhatsApp. E alguns ainda teimam em insistir que, assim, rendem mais.

Estes estudantes acreditam que tem a capacidade de fazer diversas coisas ao mesmo tempo, um conceito que hoje recebe a denominação de multitarefa. Esse é um mito e um grande erro. O cérebro sempre tende a processar apenas uma única informação por vez. E isso independe de você usar dois canais sensoriais diferentes, como a visão e a audição.

Vamos ver um  exemplo bem clássico…

Experimente ouvir uma aula gravada ou até mesmo somente o som de uma vídeo aula enquanto escreve mensagens no seu celular. Faça isso por 5 minutos e tente se lembrar de tudo o que você ouviu. O resultado será que provavelmente você se lembrará de muito pouco ou quase nada. Pois o cérebro está fazendo duas atividades de maneira ineficiente.

Por isso você precisa estudar totalmente concentrado para obter um melhor rendimento. Talvez uma música adequada possa te ajudar, mas aí é conversa para os próximos episódios. Agora, é hora voltarmos ao objetivo de hoje falarmos das 3 Técnicas Simples para aumentar o seu nível de Concentração

 

Técnica Pomodoro

Se você tem sérias dificuldades em se concentrar, de nada adianta forçar o seu cérebro e tentar passar horas e horas estudando na “marra”, tentando avançar na leitura dos seus livros, se o seu cérebro não está acostumado e não sabe como absorver as informações de uma forma tão massiva. Enfim, se a ideia é treinar seu cérebro e transformá-lo em uma máquina de armazenar conhecimento, tirando o melhor que ele pode te oferecer, comece aos poucos, devagar. E vá aumentando gradativamente o tempo de estudos, até o limite razoável para manter o seu equilíbrio.

E a Técnica chamada “Pomodoro“, é justamente um método de gerenciamento de tempo que foi desenvolvida no final dos anos 80 por Francesco Cirillo. Ela foi descoberta justamente quando ele precisava aumentar a sua produtividade nos estudos e descobrir como estudar com um alto nível de concentração. A ideia é simples e consiste em trabalhar usando blocos de tempo, ou seja, pequenos períodos de produtividade. recomenda-se que os blocos sejam de 25 minutos de concentração.

Lembrando que você não precisa começar exatamente com os 25 minutos. O início pode se dar com um tempo menor, e você vai avançando aos poucos até o patamar ideal (os tais 25 minutos). Comece com blocos de 5 minutos de estudos por 5 minutos de intervalo, parece pouco, mas é apenas o início. Conforme você for se sentindo mais confiante, vá aumentando gradativamente o seu tempo de 5 em 5 minutos até que consiga atingir o patamar de 25 minutos por bloco de estudos por 5 minutos de intervalo. O que eu geralmente recomendo é que não se estude a mesma matéria por longos períodos de tempo, justamente para que o estudo não fique maçante. Acredito que um ciclo de 4 Blocos Pomodoro (25 minutos cada) por matéria é suficiente. Assim, você consegue uma hora de estudo líquida da matéria escolhida por ciclo.

 

Técnica “Só mais cinco”…

Não compare essa técnica com aqueles 5 minutinhos do seu despertador pela manhã, o famoso “Soneca”. Nãoooo, por favor…. rsrs

Essa é uma técnica muito legal para que você aprenda a vencer aquela vontade de largar tudo o que você precisa fazer. Principalmente quando se trata de uma atividade muito extensa, trabalhosa, ou até mesmo maçante ou que seja exija muita concentração de você. Trata-se de uma maneira muito eficiente de lidar com todo essa falta de vontade ou desânimo quando, por exemplo, você precisa terminar aquela extensa lista de exercícios de Língua Portuguesa, ou quando você está lendo aquele livro, e a sua mente insiste em te contrariar e pula para fora das páginas.

Então, em vez desistir de tudo e pegar o celular, olhar o Facebook, Whatsapp, ou mesmo ligar a televisão, pare e pense um pouco… Faça uma lista de 5 tarefas simples que você poderia fazer antes de largar tudo. Por exemplo: ler mais 5 parágrafos, resolver mais 5 questões, assistir a mais 5 minutos daquela vídeo aula. A ideia é realmente “roubar” o conceito do “Soneca” do seu despertador, só que usá-lo para ser mais produtivo nos seus estudos em vez de ganhar mais alguns minutinhos de sono.

Quando você começar a romper a barreira “só mais 5…”, aos poucos a sua capacidade de produtividade irá aumentar aos poucos e o objetivo de dar aquele “gás” a mais vai se tornando cada vez mais fácil e 5 parágrafos viram 5 páginas, ou até mesmo 5 capítulos. Da mesma forma que 5 questões podem virar 5 listas de exercício. Você só vai conhecer os seus limites, quando começar a supera-los.

 

Meditação Instantânea

Às vezes, uma das coisas que mais nos atrapalha na hora de estudar, ou até mesmo de realizar outras tarefas que exigem um pouco de concentração é a ansiedade. Nessa hora costumamos dizer coisas como: “Tem muita matéria, não vou dar conta de estudar tudo isso!” ou “Isso é muito difícil, eu não consigo aprender, eu não sei como estudar!“). Nosso pensamento pode estar preso inclusive a qualquer outro problema ou situação de nossa vida que não tenha nada a ver com os estudos.

E, nessas horas, o mais importante fazer com a mente fique livre de qualquer preocupação ou problema, que não podem ser resolvidos naquele momento específico, mas que drenam muito da sua energia e não permitem que o seu tempo de estudos tenha o máximo de produtividade. Há um tempo atrás, eu estava navegando pelo Youtube, e descobri uma técnica de meditação muito legal, chamada de “Meditação em um Instante”. Ela é muito simples e funciona muito bem.

Faça o seguinte: Sente-se em um lugar tranquilo, em que você não seja interrompido… ( É só por alguns minutinhos, bem rápido). Procure ficar com as costas retas e com os pés plantados no chão, paralelos um ao outro. Apesar da postura reta, procure ficar confortável e sem tensão, mantenha as mãos sobre as suas coxas, bem soltas, e em posição de equilíbrio…

Você não precisa dar um nó em si mesmo. O importante é que a sua energia possa fluir de forma livre e constante por todo o seu corpo. Então, agora feche os olhos e mantenha toda a sua atenção na sua respiração. É mais fácil de olhos fechados.

Mas existem pessoas que preferem meditar com os olhos abertos e olhando para um ponto fixo. É uma questão de escolha, e se for melhor para você, tudo bem.

Procure respirar pausadamente: inspire, mantenha o ar dentro do pulmões por alguns instantes,  segure só um pouco, agora expire, agora mantenha o ar fora dos pulmões um pouco também e vá repetindo esse processo.

Mantenha uma certa cadência de inspirar e expirar até que o relógio avise que o tempo de um minuto acabou. Você vai perceber durante esse processo, várias imagens de agitação vão passar pela sua cabeça, e tudo bem, isso é normal. Principalmente se você tem passado por momentos turbulentos no seu dia a dia. Mas, observe, só observe esses pensamentos, e deixe-os, conscientemente, de lado, para depois. E respire, observe sua respiração, mantenha o ritmo de inspiração e expiração, e as pequenas pausas entre esses movimentos. Pouco a pouco você consegue acalmar a sua mente.

Crie o hábito de treinar esse processo, um pouquinho por dia já é suficiente. Com a prática, você não vai mais precisar esperar 1 minuto para aplicar esta estratégia. O melhor dessa técnica é que, quanto mais você treinar, mais rápido será o processo de limpar a sua mente, deixando-a capaz de dedicar-se somente aos estudos. Você consegue aplicá-la em qualquer lugar: No ônibus, enquanto aguarda em uma fila, até mesmo em uma reunião interminável. Quando você estiver em um estágio mais avançado, vai conseguir o mesmo efeito da meditação instantânea se estiver andando ou realizando outras tarefas. Você verá que o efeito é quase que instantâneo, no tempo de um piscar de olhos. Assim, seu dia será mais produtivo e mais suave.

Boa meditação!

 

Resumo:

  • No início nós falamos sobre a importância de sermos Monotarefa, ou seja, realizar uma atividade por vez. Quando fazemos isso, conseguimos extrair o máximo do poder de processamento do nosso cérebro, além de termos mais capacidade de concentração.
  • Falamos sobre a técnica pomodoro, uma estratégia de gestão do tempo que nos ajuda com a questão de se adaptar a realizar as nossas atividades programadas em um determinado período de tempo. Sua vantagem é que ela nos possibilita começarmos com um tempo pequeno, 5 minutos, e irmos aumentando esse tempo até o máximo de 25 minutos de atividade ininterrupta.
  • Depois disso, nós passamos a aprender a estratégia do “Só Mais Cinco”, que inspirada na famosa função “Soneca” dos celulares, nos propõe aumentar a nossa força de vontade em conseguir cumprir o que foi traçado como meta e ir além. Por exemplo, ler mais 5 parágrafos do livro, resolver mais 5 questões, ou até mesmo, estudar mais 5 minutos. Você pode conciliar essa estratégia com a técnica Pomodoro. Assim você tem a sua disposição uma técnica de gestão de tempo e outra para superação de limites. E essa fusão tem o poder de aumentar a sua produtividade exponencialmente.
  • E, para finalizar, nós aprendemos a técnica da Meditação em um instante.Uma poderosa técnica de meditação que tem o objetivo de nos tornar capazes de limpar a nossa mente e remover todas as turbulências do dia-a-dia da nossa mente. Isso nos ajuda a ter mais concentração não só para estudar, mas para realizar qualquer atividade que demande um certo nível de concentração. Além disso, ela torna o nosso dia mais “Light”, pois não temos aquela sensação de ter que resolver tudo ao mesmo tempo. E quando agimos dessa forma, pensando em tudo ao mesmo tempo, não conseguimos fazer nada direito. Nosso cérebro foi programado para processar um tipo de informação por vez…

 

Espero que tenha gostado do episódio de hoje!

 

Em caso de dúvida ou se tiver algum ponto que gostaria que eu aprofundasse ou explicasse melhor e só me procurar lá no grupo do Mestre em Concursos no Facebook. Estarei à disposição para esclarecer todos seus questionamentos e produzir outros episódios, com novos temas, direcionados ao que você precisa e quer aprender mais: é sempre importante contar com sua participação para tratar dos assuntos que mais te interessam!

Curta, comente, compartilhe, e aproveite para curtir também a página do Mestre em Concursos no Facebook além de deixar sua avaliação no iTunes para que este conteúdo chegue cada vez mais longe, ajudando mais e mais pessoas a serem aprovadas em um concurso público.

Lembre-se de assinar este podcast no seu dispositivo Apple através do aplicativo Podcast, ou no seu dispositivo Android usando o aplicativo de podcast de sua preferência. E claro: você também encontra o Mestre em Concursos através do Spotify e do Deezer. Assinando o podcast você receberá uma notificação sempre que um novo episódio estiver disponível.

Aproveite também para conhecer nosso time de experts através do nosso site: www.DicasCurtas.com.br.

Até a próxima semana!

Pin It on Pinterest

Share This