Ouça agora este podcast! “034 Como evitar o branco na hora da prova?”

O branco na hora da prova é um antigo vilão dos concursos.

E esse bloqueio representa uma incapacidade temporária de acessarmos uma informação já aprendida.

Mas hoje eu tenho uma boa notícia para você: esse episódio vai te ajudar a entender como isso ocorre, como fazer para evitar este bloqueio e o que fazer em caso de esquecimento repentino na hora da prova.

Apesar de ser uma falha repentina relacionada à memória, o branco na hora da prova não significa, necessariamente, que existe uma falha no seu processo de memorização.

Aliás, no episódio anterior do nosso Podcast, você já aprendeu a não esquecer tudo o que você estudou.

Portanto, se você perdeu esse conteúdo especial, volte e ouça logo após terminar por aqui.

O branco tem relação maior com um bloqueio temporário no acesso a uma informação que você sabe que já massificou em sua mente, porém este conhecimento está inacessível, por algum motivo.

Então, nesse episódio, nós preparamos um guia exclusivo para você evitar esse verdadeiro massacre informacional, e logo na hora em que você mais precisa, a sua prova.

Eu sou Pablo Amorim, o Mestre Em Concursos do Dicas Curtas e semanalmente trago aqui neste podcast, várias dicas e informações para ajudar você a ter alta performance nos seus estudos e conquistar mais rápido a sua aprovação.

Então, para que você não perca nenhuma dica e fique atualizado com todas as informações que estarei compartilhando aqui, basta assinar o podcast e acompanhar todas as semanas o Mestre Em Concursos do Dicas Curtas.

Agora, vamos ao que interessa!

Por que ocorre o branco na hora da prova?

Esses episódios de bloqueio geralmente acontecem em situações que envolvem um certo nível de estresse.

E isso tem efeito direto em diversas funções do corpo. Mas, o que nos interessa hoje é a questão do prejuízo na memória.

Infelizmente, essa dificuldade em se lembrar de algo importante é natural quando estamos numa situação de estresse. 

Os efeitos colaterais passam da esfera da memória, podendo ocorrer um vasto repertório de alterações fisiológicas e cognitivas, além de taquicardia, boca seca e sudorese.

Por isso, é importante entender a origem do branco.

De uma forma resumida, esse quadro representa uma forma de proteção do nosso organismo em casos de situações de grande pressão, justamente para combater sensações desagradáveis ao nosso organismo.

Basicamente temos algumas alterações no quadro hormonal do nosso organismo.

Porém, não é o nosso foco aqui neste episódio entrar a fundo em questões biológicas, mas eu preciso que você tenha uma ideia do que ocorre nessas situações.

O que acontece é que essa alteração hormonal também bloqueia o correto funcionamento da nossa memória.

Então, quando você está diante de uma prova que representa a porta de entrada no cargo dos seus sonhos, com a concorrência ao seu lado e todo o ambiente de disputa, temos os ingredientes perfeitos para o ocorrer o branco na hora prova.

Infelizmente, a reação da maioria dos estudantes nessa hora é querer terminar logo a prova e sair da sala o mais rápido possível.

E aí, quando saímos do ambiente que causou o episódio de apagão na memória e damos aquela respirada, é normal se lembrar de tudo, meio que em um passe de mágica.

Então, continue comigo até o final do episódio, pois nós vamos abordar uma série de ações práticas para que você não passe por isso no dia da sua prova.

Ansiedade x Memória – Combinação explosiva

A ansiedade tem relação direta com o branco na hora da prova.

A tendência é que, quanto mais ansiedade, maior a possibilidade de ocorrer um episódio de esquecimento súbito.

Além disso, existem outras condições que aumentam a possibilidade de ocorrer o bloqueio.

Até porque favorecem os episódios de estresse, como dormir pouco e excesso de cafeína.

Em episódios anteriores do nosso Podcast, O Mestre em Concursos, você já aprendeu que sua vida deve estar em equilíbrio para que você tenha a tranquilidade necessária, e a questão da saúde faz parte desse conjunto.

E talvez o sono seja uma das mais graves, justamente pelo fato de criarmos um ciclo problemático, pois nós combinamos a privação do sono com o aumento do consumo de alimentos que possuem cafeína em sua composição.

Além de ser extremamente prejudicial à saúde, essa prática atrapalha o processo de memória de longo prazo.

E a consequência disso é justamente a sensação de não estar aprendendo como deveria, criando o sentimento de ansiedade e frustração.

Banner com Link para acesso a MaxMilhas

Como prevenir o branco?

Para evitar que ocorra um episódio de branco na hora da prova, o primeiro passo é a prevenção.

E ela começa com uma mudança de postura e da sua própria visão sobre o real significado do concurso para você.

Apesar de existir uma visão distorcida de que concurso público é um verdadeiro bicho de sete cabeças, capaz de tirar a sua tranquilidade e roubar o seu sono à noite, eu quero te convidar a enxergar esse quadro de uma forma diferente.

A rotina de estudos faz parte de um processo. Sua condição de estudante faz parte da sua vida, e deve ser vista com naturalidade.

Assim como você precisa se alimentar, ir ao banheiro, dormir, você também precisa estudar.

O concurso é a porta de entrada para que você ingresse no cargo que você deseja.

Então você precisa mudar a sua perspectiva sobre isso. 

O ideal é que você aprenda a gostar de estudar e a ter satisfação com isso. Da mesma forma que você fica feliz ao comer um delicioso churrasco, tomar uma cerveja gelada, realizar uma viagem, ou simplesmente assistir a um bom filme.

Ao quebrar esse paradigma, você começa a programar a sua mente para ver o dia da prova como o momento chave, o auge de tudo, como o final do seu filme favorito, o corte daquela carne perfeita no churrasco, ou aquela garrafa de cerveja “canela de pedreiro” de tão gelada.

O efeito disso na prática, é um rendimento maior na hora da prova.

Mas não são somente pensamentos felizes que farão a diferença. 

Eu separei três elementos importantes que você deve atentar durante o seu período de preparação.

1- O Estresse

Por mais que você siga todas essas orientações de hoje à risca, a pressão ainda existirá, mesmo em um menor grau.

Afinal temos que atingir um resultado positivo na prova. Tem a expectativa da família, e demais pessoas que acompanham a sua fase de vida, e de certa forma queremos apresentar um bom resultado.

E, quanto mais próximo da data da prova, maior tende a ser o nível de estresse.

Por isso é importante evitar situações de estresse, eliminando situações de pressão. 

A prática de atividades físicas ajuda muito, além disso, tire uns momentos para ir a um local tranquilo e simplesmente reflita. desligue-se do mundo por alguns minutos e pense em tudo o que você pode conquistar com a sua aprovação.

2- Sono

Agora é um pedido pessoal meu.

Eu já vários casos de alunos e até mesmo companheiros de estudo que passaram noites em claro às vésperas da prova estudando, no desespero em tentar revisar toda a matéria em um curto período de tempo.

Além de não ser nada produtivo, você precisa ser consciente.

Você não descobriu que faria o concurso no dia anterior à prova, você teve, no mínimo 6 meses desde a autorização do concurso, passando pela publicação do edital e chegando ao dia da prova, tempo suficiente para estudar com antecedência.

Lembre-se de que a privação do sono nos leva a um ciclo prejudicial aos nossos estudos.

As horas adequadas de sono são fundamentais para melhorar a nossa capacidade de memorização e ter mais tranquilidade para estudar.

Se você passar a noite em claro estudando para um prova pesada, como normalmente são as provas de concurso, pela manhã o seu cérebro terá um nível elevado de toxinas prejudiciais ao funcionamento normal. E essa condição tende a impedir as conexões neurais, levando ao indesejado branco na hora da prova.

Portanto, o ideal é ser consciente e estudar com antecedência, justamente para não existir a necessidade de resolver tudo na noite anterior à prova.

3- Ambiente de prova

Estudar em casa tende a ser favorável, afinal estamos em nossa “zona de conforto”, com todos os recursos à nossa disposição.

E quando chegamos ao local de prova, normalmente colégios ou universidades, sentimos o peso do ambiente de concorrência.

Nós temos os fiscais de prova nos cobrando horário, o medo de preencher o cartão-resposta errado, ou até mesmo esquecer algum documento, ou qualquer outra condição que possa te eliminar do concurso.

Para evitar esse choque, principalmente se você nunca fez nenhuma prova de concurso, você precisa se acostumar a essa condição, ou se aproximar ao máximo disso.

E o melhor a fazer é treinar, simulando essa condição de prova.

Portanto, nos meses que antecedem à prova, passe a fazer simulados.

Existem cursinhos que abrem turmas de simulado. E elas são uma oportunidade bem interessante para você resolver provas parecidas com a que você vai fazer, com tempo controlado em sala de aula com mais pessoas.

Quando chegar ao dia da prova, você já estará naturalizado com essa condição e não sentirá o choque de realidade.

O que fazer na hora da prova?

Como disse no início do episódio, na maioria das vezes esse esquecimento súbito aparece em situações de estresse ou de grande ansiedade. 

Sejamos honestos, a expectativa por uma alta nota no certame, e todo o ambiente de prova, com fiscais e concorrentes torna-se o ambiente ideal para um episódio de branco.

Porém, apesar de todo o clima desfavorável, normalmente o branco cessa a informação desejada vem à tona em poucos minutos após cessado o estado de descontrole emocional.

Se for o seu caso, tenha consciência de que a informação ainda está em seu cérebro, porém está bloqueada.

Nesse momento o ideal é não entrar em pânico. 

Se o esquecimento ocorrer em uma determinada questão, simplesmente pule e vá para a próxima, retornando a esta questão em momento posterior.

Mas, se a situação persistir, tente levantar-se, vá ao banheiro lave o rosto, apenas para dar uma pequena caminhada e sair do ambiente de pressão.

A tendência é que, quanto mais você insistir em tentar se lembrar, meio que na força bruta, maior será a sua frustração e isso poderá te prejudicar em outras questões.

Em último caso, experimente simplesmente fechar os olhos e respirar fundo.

Imagine-se finalizando a sua prova por completo, e tente reproduzir o sentimento de felicidade e dever cumprido caso isso se concretizasse.

Nosso cérebro possui um ponto falho. 

Segundo um ramo na Neurociência, ele não consegue diferenciar fantasia de realidade.

Em outras palavras, nós somos capazes de enganá-lo se reproduzirmos mentalmente, situações que funcionem como memórias positivas.

Essa estratégia serve para burlar o seu cérebro, para que ele passe a acreditar que o momento de estresse já passou e que ele pode voltar às suas funções normalmente.

Alguns casos que tiveram desfecho positivo já chegaram ao meu conhecimento, e eu posso afirmar que sim, vale a pena usar essa estratégia.

Mesmo que você não acredite, se acontecer com você um episódio de branco na hora da prova, siga essas recomendações.

Obviamente, você deve agir com rapidez, uma vez que o tempo de prova continuará a passar.

Eu espero que tenha gostado do episódio de hoje!

Se você gostou curta, comente e compartilhe o Dicas Curtas em suas redes sociais. E caso fique com alguma dúvida, me procura lá no grupo do Mestre em Concursos no Facebook, pois estarei à disposição para esclarecer todas elas. Assine e acompanhe esse podcast através do seu dispositivo Apple ou Android, sendo que você também pode encontrar o Mestre em Concursos  no Spotify e no Deezer.

Agora um anúncio muito importante:

Sabia que a partir de agora você também pode ajudar o Dicas Curtas a crescer ainda mais fazendo parte do grupo de “Apoiadores do Dicas Curtas”?

Com incentivos a partir de 1 real por mês, você ajudará o Dicas Curtas a alcançar mais pessoas, incluir novos experts, e claro, ter acesso ao grupo de apoiadores no Facebook para receber conteúdos especiais e ter acesso a lives exclusivas para poder tirar suas dúvidas ao vivo com o expert de sua preferência.

Para ser um apoiador basta acessar o site: apoia.se/dicascurtas.

O link vai estar disponível na descrição do episódio!

Ficamos por aqui e até a próxima semana com mais uma dica do Mestre em Concursos!

Até a próxima semana.

Pin It on Pinterest

Share This