Você já estudou para algum concurso? Você já se sentiu perdido por causa da quantidade de matérias? Você já ficou desanimado por não saber por onde começar?

Ouça agora este podcast! 

“017 Como fazer um cronograma de estudos infalível”

Esse sentimento acontece por falta de planejamento.

Neste episódio vou te mostrar como fazer um cronograma de estudos infalível, para você ter uma rotina de estudos organizada, com base em suas necessidades e horários disponíveis.

Hoje eu vou te mostrar como você consegue organizar os seus estudos corretamente, permitindo que você consiga determinar o quanto deve estudar.

E o melhor, quanto tempo de estudo dedicar a cada matéria. Esse conhecimento permite que você monte um cronograma de estudos adequado para você, para que os seus estudos tenham resultado.

Porém, com o devido cuidado em fazer um cronograma de estudos que você consiga seguir.

É muito importante se planejar e criar uma rotina para ser seguida com perseverança, pois, não há uma fórmula mágica para o cronograma de estudos perfeito, mas algumas dicas são fundamentais e poderão te ajudar muito na hora de criar o seu. Um cronograma de estudos é o diferencial para fixar o conteúdo estudado por você e acelerar o processo de aprendizagem. Além disso ele ajuda na criação de bons hábitos de estudo, ajudando o candidato a chegar ainda mais perto do concurso dos sonhos.

Eu sou Pablo Amorim, o Mestre em Concursos do Dicas Curtas e, semanalmente, trago aqui neste podcast, várias dicas e informações para ajudar você a ter alta performance nos estudos e conquistar a sua aprovação mais rápido em um concurso público.

Então, para que você não perca nenhuma dica e fique atualizado com todas as informações que estarei compartilhando aqui, basta assinar o podcast e acompanhar todas as semanas o Mestre Em Concursos Públicos do Dicas Curtas.

Agora, vamos para o que interessa!

 

Antes de começar a estudar

Antes de você, efetivamente, fazer o seu cronograma de estudos, você precisa conhecer a sua rotina e listar todas as atividades do seu dia a dia.

O seu cronograma de estudos deve se adaptar ao seu dia-a-dia. Não funciona montar um planejamento baseado em um tempo que você não tem. Então, defina a sua disponibilidade.

E, para isso, faça uma lista com todas as suas atividades diárias, incluindo o horário de trabalho, deslocamento no trânsito, descanso, hora do almoço, prática de esportes. Todo tempo que você gasta com qualquer atividade de forma rotineira conta. Só a partir daí você vai saber quanto tempo disponível você terá para se dedicar apenas aos estudos.

Caso você perceba durante esse processo que o seu tempo está curto, é preciso abrir mão de algumas coisas: É hora de dizer não e definir prioridades.

O passo seguinte é estabelecer os seus objetivos de estudo.

Definir quais são os seus objetivos finais é pensar no concurso que você deseja uma vaga e o que fazer para chegar lá.

Analise comigo o seguinte exemplo: digamos que você deseje ingressar na Polícia Rodoviária Federal.

Então você deve obter as informações do último concurso, verificando quais matérias foram cobradas no edital deste concurso e quais assuntos efetivamente foram cobrados na prova.

Veja também a quantidade de questões do concurso, e quantos acertos na prova foram necessários para conseguir estar dentro das vagas, o famoso ponto de corte.

Essas respostas te ajudam a traçar metas e a se planejar muito melhor na hora de fazer o seu cronograma de estudos.

Além disso, é muito interessante manter contato frequente com os seus objetivos.

Então, é hora de definir qual plataforma você vai usar na hora de fazer o seu cronograma de estudos infalível.

Existem pessoas que preferem escrever no papel mesmo, montando um quadro de horários de estudos semanal.

Temos também os estudantes gostam mais de montar uma planilha no computador com os horários e matérias a serem estudadas.

E, atualmente, nós contamos também com os aplicativos de smartphone.

Uma rápida pesquisa na Playstore do seu Smartphone Android ou na App Store do seu Iphone vai te mostrar uma série de boas opções.

 

Montando o cronograma de estudos

Agora vamos falar de fazer o cronograma de estudos na prática.

É importante ter o seu objetivo de estudos principal no cabeçalho do seu cronograma de estudos, antes da sua planilha de quadro de horários.

Siga o exemplo abaixo:

Objetivo: obter a aprovação no concurso da Polícia Rodoviária Federal

Então, anote as suas atividades de estudos e as matérias que serão estudadas em uma planilha de horários.

Monte essa planilha com a seguinte estrutura:

  • Na primeira linha coloque os sete dias da semana.
  • Na primeira coluna coloque os horários do seu dia, com intervalos de 1 hora.

Ou seja, se você acorda às 06h da manhã, coloque na primeira coluna 06h – 07h, pulando para a linha de baixo e preenchendo com 07h – 08h.

Siga desta maneira até o horário que você costuma deitar-se para dormir.

Após essas etapas, você já tem a estrutura do seu cronograma de estudos montada, com planejamento semanal.

Então você deve inserir todas as atividades do seu dia na planilha, começando com o horário em que você costuma acordar todos os dias e terminando no seu horário de dormir.

Veja alguns exemplos de atividades que você deve considerar ao preencher o seu cronograma de estudos:

– Tempo que você usa para se arrumar e tomar café da manhã antes de sair de casa para trabalhar;

– Tempo de deslocamento para o trabalho;

– Horário de Trabalho;

– Horário de Almoço;

– Prática de Esportes.

Enfim, inclua tudo o que usa o seu tempo. E no tempo disponível, ou seja, o tempo que você “não faz nada”, inclua o seu horário de estudos.

Não se preocupe agora em como você vai estudar, existem técnicas de estudos simples e eficientes que eu vou te mostrar em episódios apropriados.

Por hora, preocupe-se com a qualidade do seu cronograma de estudos.

Mesmo que você tenha pouco tempo para estudar, tenha em mente que qualquer minuto que você usa para atingir o seus objetivos é importante.

Você pode usar o tempo gasto no trânsito para estudar, ouvindo no seu celular com os fones de ouvido o áudio das suas aulas, ou a gravação da suas leituras, feita por você, além de realizar a leitura de resumos que você tenha feito.

Aprenda a usar o seu tempo a seu favor.

Sabe aqueles 20 minutinhos livres na hora do almoço? Em que você normalmente ficaria conversando com os colegas de trabalho.

É o momento de rever as suas prioridades e utilizá-lo como tempo de estudos.

O mesmo pode ser feito no horário da academia ou daquela corridinha por exemplo.

Que tal ouvir uma aula enquanto se exercita?

 

Mãos à obra – hora de estudar

Agora é o momento de falarmos da prática de estudos seguindo o cronograma que você está montando.

E aqui é um ponto complicado: chegou a hora de escolher quais matérias estudar, por onde começar e quanto tempo dedicar a cada uma delas.

Vamos começar definindo na prática a questão de separar quais matérias você deve estudar.

O professor Piccini, criador do projeto Estudar e Aprender, desenvolveu uma classificação por peso das matérias e matérias de suporte.

Vamos ver como fica na prática para facilitar o seu entendimento.

  • Em uma folha de papel, ou em uma planilha, crie 3 colunas: matérias com maior peso, matérias com menor peso e matérias de Suporte.

Então, coloque as matérias que você precisa estudar da seguinte forma:

  • Na coluna matérias com maior peso, separe aquelas que possuem maior importância para a sua prova.
  • Para atribuir peso às matérias, utilize critérios como número de questões daquela matéria na prova, o seu nível de conhecimento sobre ela, ou de dificuldade. Faça da mesma forma para as matérias com menor peso.
  • E, na coluna de matérias de suporte, coloque todo o conhecimento complementar à sua prova, como atualidades, redação, conhecimento estratégico de estudo, ou seja, as famosas técnicas de estudo. Existem concursos que classificam as matérias como específicas e conhecimentos básicos.
  • Novamente, use os critérios de quantidade de questões e nível de conhecimento sobre cada uma dessas matérias para atribuir um peso a cada uma delas. Você pode, por exemplo, atribuir peso 2 para as mais importantes e 1 para as menos importantes.

Então, na hora de montar o seu cronograma de estudos, use o critério do peso para distribuir o seu tempo de estudos, disponibilizando o dobro do tempo para as matérias com maior peso.

 

Resumo

Agora, é hora de resumir tudo o que nós aprendemos hoje.

  • E nesse episódio nós vimos como fazer um cronograma de estudos infalível para você organizar o seu tempo de estudos. Nós falamos sobre a montagem do seu cronograma de estudos baseando-se em 3 aspectos, de ordem cronológica.
  • No primeiro deles, nós vimos alguns procedimentos importantes a serem tomados antes de você começar a estudar. Onde você aprendeu basicamente a definir a sua disponibilidade de tempo e a traçar os seus objetivos de estudos.
  • Já no segundo aspecto, o tema foi montando o cronograma de estudos na prática. Onde você aprendeu um passo a passo estrutural para fazer o seu cronograma de estudos infalível. Ou seja, a organização em forma de planilha com a definição correta das linhas e colunas.
  • E, finalmente, no terceiro item, nossa conversa foi basicamente sobre os procedimentos práticos de estudo. E você viu como classificar as matérias por peso além de distribuir o seu tempo de estudos por cada uma das matérias de acordo com essa classificação.

 

Espero que tenha gostado do episódio de hoje!

 

Curta, comente, compartilhe e deixe sua avaliação no ITunes para que este conteúdo chegue cada vez mais longe, ajudando mais e mais pessoas a serem aprovadas em um concurso público.

Caso fique com alguma dúvida, me procura lá no grupo do Mestre em Concursos no Facebook, pois estarei à disposição para esclarecer todas elas.

Assine este podcast no seu dispositivo Apple através do aplicativo Podcast, ou no seu dispositivo Android usando o aplicativo de podcast’s de sua preferência. E claro também através do Spotify e do Deezer.

Assim você recebe uma notificação sempre que um novo episódio estiver disponível.

Conheça também nosso time de experts através do nosso site: www.dicascurtas.com.br.

Até a próxima semana!

 

Pin It on Pinterest

Share This