Ouça agora este podcast!

“083 Como funcionam as LCI e as LCA?”

 

As Letras de Crédito do Agronegócio (LCA) e Letras de Crédito Imobiliário (LCI) estão entre os produtos de investimento mais procurados pelos investidores brasileiros. Tratam-se de títulos de renda fixa emitidos por bancos e garantidos por empréstimos concedidos ao setor imobiliário ou do agronegócio.

Mas quais os motivos dessa popularidade, os riscos e garantias envolvidos e as vantagens e desvantagens desse tipo de investimento? É sobre isso que vamos falar e destrinchar nesse podcast!

Eu sou Phillip Souza, o expert em Finanças e Investimentos do Dicas Curtas e semanalmente trago aqui neste podcast, várias dicas, informações e orientações para ajudar a fazer com que você use bem o seu dinheiro para construir seus resultados de forma financeiramente saudável com foco em qualidade de vida, aproveitando o presente e cuidando do futuro, transformando-se em um investidor inteligente.

Então, vamos ao que interessa.

 

A popularidade das LCI e LCA

A LCI (Letra de Crédito Imobiliário) e a LCA (Letra de Crédito do Agronegócio) são dois tipos de investimento em renda fixa isentos de Imposto de Renda para pessoa física que costumam garantir retornos bem superiores ao da caderneta de poupança. Do ponto de vista do investidor, não faz muita diferença investir em LCI ou LCA – geralmente é melhor optar pelo papel mais rentável.

Nos últimos anos, o fluxo de investimentos em LCI e LCA aumentou bastante. Pelo menos três fatores contribuíram para a popularidade desses investimentos, principalmente pela busca de retornos melhores:

  • Diminuição da taxa de juros para 6,5% a.a.;
  • Isenção de Imposto de Renda (IR);
  • Elevação da garantia do Fundo Garantidor de Créditos (FGC) de R$ 70 mil para R$ 250 mil;

É claro que existem muitos outros motivos, pois na economia e na vida, tudo é multifatorial.

 

 

Como funcionam as LCI e LCA

A compra das letras pode ser feita através de corretoras ou bancos. O Banco do Brasil e a Caixa Econômica Federal se destacam como grandes emissores desses títulos, pois possuem as maiores carteiras de clientes do setor do agronegócio e imobiliário do país, respectivamente.

Na teoria, funciona assim: os recursos que você investe são captados pelas tesourarias dos bancos emissores e emprestados a agentes do mercado que tenham negócios no ramo imobiliário e no agronegócio. Porém, na prática, você não tem como saber exatamente onde o seu dinheiro está lastreado.

Ao serem emitidas, as LCI e LCA devem ser vinculadas ao CPF do investidor e registradas na Central de Custódia e Liquidação Financeira de Títulos (CETIP).

Vamos diferenciar melhor.

 

LCI

As Letras de Crédito Imobiliário é um título de renda fixa emitido por um banco e lastreado por empréstimos imobiliários. Os títulos podem ter rentabilidade pré-fixada ou pós-fixada – ou seja, o investidor pode saber exatamente quanto vai receber durante o tempo de aplicação ou então terá um retorno que flutuará de acordo com as taxas de juros praticadas no mercado.

 

LCA

Do ponto de vista do investidor, não há diferença entre investir em LCI ou LCA – o que muda é o lastro do papel. As Letras de Créditos do Agronegócio são títulos emitidos por bancos garantidos por empréstimos concedidos ao setor de agronegócio. Esses títulos foram criados pelo governo com objetivo de ampliar os recursos disponíveis ao financiamento agropecuário.

 

Rentabilidade das LCI e LCA

A rentabilidade das letras pode ser prefixada, pós-fixada ou híbrida. O tipo mais comum são as LCI e LCA pós-fixadas, indexadas ao CDI. Por exemplo, uma LCI com prazo de 361 dias e remuneração de 90% do CDI. Na modalidade prefixada, já se sabe de antemão qual será o retorno ao final do período de investimento. E na modalidade híbrida, a remuneração é composta por um indicador pós-fixado (por exemplo, IPCA) acrescido de juros prefixados.

Em geral, quanto maior o prazo do investimento e o volume financeiro investido, maiores são as rentabilidades prometidas.

 

Garantias

As LCI são lastreadas por créditos imobiliários garantidos por hipoteca ou por alienação fiduciária de coisa imóvel. Elas podem contar com garantia adicional da instituição financeira, emissora do crédito. Mas não é obrigatória.

Elas poderão ser garantidas por um ou mais créditos imobiliários, mas a soma do principal das LCI emitidas não poderá exceder o valor total dos créditos imobiliários em poder da instituição emitente.

As LCA seguem uma metodologia parecida. A diferença é que no lugar de créditos imobiliários estamos falando de créditos agrícolas. A emissão delas não poderá exceder o valor total dos direitos creditórios do agronegócio a eles vinculados. Elas conferem direito de penhor sobre os direitos creditórios e também podem contar com garantias adicionais, livremente negociadas entre as partes.

Na prática, o investidor fica de olho mesmo é no “colchão” de R$ 250 mil do FGC.

 

Como funciona a garantia do FGC

Se o banco emissor da LCA ou LCI vier a ser liquidado, por insolvência ou fraude, os investidores têm o direito de recorrer ao FGC para o ressarcimento.

Observe que a garantia de R$ 250 mil do FGC engloba o valor investido e a rentabilidade. Assim, a rentabilidade esperada, somada ao principal investido, não deve superar esse valor.

Outro ponto importante é que a garantia é por CPF e por instituição financeira. Por exemplo, se você tiver duas letras de crédito, cada uma no valor R$ 150 mil, emitidas pela mesma instituição financeira, o montante total será de R$ 300 mil e, portanto, você terá no mínimo R$ 50 mil não cobertos pelo FGC.

No site do FGC, estão disponíveis os procedimentos para pagamento de investimentos garantidos. Também é possível consultar o prazo de pagamento das garantias de bancos que foram liquidados.

 

Riscos

Crédito

A LCI/LCA tem o risco de crédito – ou seja, em caso de “quebra” do banco que emitiu o título, os investidores podem perder dinheiro. Entretanto, o fato deste investimento ser garantido pelo FGC até R$ 250 mil traz uma grande segurança para o investidor que respeitar esse limite.

Nunca é demais repetir: para construir seu patrimônio com segurança, muito mais importante que buscar investimentos que prometam maior rentabilidade é diversificar seus investimentos em diferentes classes de ativos e reduzir os custos que você paga para investir.

Para você não perder nenhuma dica e ficar atualizado com todas as informações que estarei compartilhando aqui, basta assinar gratuitamente o podcast e acompanhar todas as semanas o Investidor Inteligente do Dicas Curtas.

 

Liquidez das LCI e LCA

Uma desvantagem desse investimento é a falta de liquidez. Caso a aplicação seja resgatada antes do prazo acordado, a rentabilidade do período poderá ser totalmente perdida, dependendo das condições do título.

Um exemplo: você compra uma LCA com prazo de dois anos. No 16º mês, surge um imprevisto e você precisa resgatar o investimento. Toda a rentabilidade acumulada no período poderá ir para o ralo. Bom para o banco, que ficou com o seu dinheiro esse tempo todo, sem pagar nada de juros.

Para evitar essa situação, é importante que sua reserva de emergência esteja aplicada em produtos com liquidez. Há algum tempo o Conselho Monetário Nacional (CMN) ampliou o prazo mínimo de emissão das letras para 90 dias, diminuindo ainda mais as condições de liquidez.

Por isso é sempre importante adequar a aplicação ao seu objetivo, avaliando bem a sua necessidade de liquidez. Se você está formando sua reserva de emergência, por exemplo, é interessante deixar os recursos em aplicações mais líquidas, como o Tesouro Selic ou um bom CDB de liquidez diária; mas se boa parte de sua reserva está formada (pelo menos metade) e quiser dar uma apimentada no retorno, pode pensar em LCI/LCA de mais curto prazo, mas com liquidez restrita.

Você deve avaliar e definir bem seus objetivos: se você está investindo para comprar um carro daqui a um ano, por exemplo, escolha um papel com vencimento em um ano. É muito importante tomar cuidado com a liquidez para não travar o dinheiro e depois ficar descoberto.

 

Incentivo tributário

Para pessoas físicas, os investimentos em LCI e LCA são incentivados pelo governo: não há incidência de Imposto de Renda sobre a operação.

 

Vantagens e desvantagens das LCIs e LCAs

Vantagens

  • Isenção de IR: por ser um investimento incentivado, não há cobrança de Imposto de Renda;
  • Garantia do FGC até R$ 250 mil, por CPF e por instituição financeira;
  • Previsibilidade da rentabilidade, no caso das letras prefixadas.

 

Desvantagens

  • Necessidade de renovação periódica do investimento;
  • Displicência na avaliação de risco de crédito e seleção do ativo, pelo fato de ser um produto garantido pelo FGC;
  • Sem liquidez: o resgate antecipado pode zerar toda a rentabilidade do período;
  • Prazo do FGC: em caso de execução da garantia, é preciso aguardar o prazo dos trâmites do Fundo para recebimento.

Agora sim você tem uma noção mais ampla sobre como funcionam as Letras de Crédito Imobiliário e as Letras de Crédito do Agronegócio!

Se ficou com alguma dúvida ou se teve algum ponto que deixei de abordar, fique à vontade para entrar em contato comigo tanto por e-mail, por WhatsApp/Messenger ou através do grupo exclusivo do Investidor Inteligente no Facebook! Lá você também pode deixar sua mensagem, sugestão de novos temas, suas dúvidas em relação aos episódios ou outras dúvidas além deles. Fique à vontade para conversar sobre finanças e investimentos com os outros investidores inteligentes que estão na mesma estrada que você, se desenvolvendo e obtendo mais conhecimento na área financeira pessoal!

 

Curta, comente, compartilhe, deixe sua opinião e também dê sua avaliação no iTunes para que este conteúdo chegue cada vez mais longe, ajudando mais e mais pessoas a cuidarem bem de suas finanças e investirem com mais qualidade e consciência!

Assine agora este podcast no seu dispositivo Apple através do aplicativo Podcast, ou no seu dispositivo Android usando o aplicativo de podcast de sua preferência; você também encontra o Investidor Inteligente no Spotify e no Deezer. Fazendo isso você receberá uma notificação sempre que um novo episódio estiver disponível.

Sugiro que você acesse o site www.DicasCurtas.com.br para conhecer o nosso time de experts, em várias áreas do conhecimento, que com certeza vão contribuir para você desenvolver uma vida plena!

Agradeço a oportunidade em contribuir mais um pouco para sua vida e aguardo sua participação nas redes sociais!

Ficamos por aqui e até a próxima semana com mais uma dica do Investidor Inteligente!

Investidor Inteligente do Dicas Curtas

Pin It on Pinterest

Share This