Ouça agora este podcast!“012 Como superar problemas pessoais e continuar se dedicando aos estudos?”

Cada um de nós, em decorrência da nossa condição de seres humanos, temos dificuldades em vários momentos da vida, e provavelmente teremos mais ainda no decorrer dos anos. Filósofos clássicos sempre afirmaram que a vida se encarrega de nos ensinar a viver. Isso não é simplesmente um jogo de belas palavras, mas são as nossas próprias experiências de vida que são as responsáveis pelo nosso amadurecimento e pelo nosso desenvolvimento pessoal. Existe uma lição muito importante que diz o seguinte:

“Com o tempo, não são as dificuldades que diminuem, mas somos nós que deixamos de super dimensiona-las e deixar que elas dominem as nossas ações.”

Portanto, se você tem enfrentado momentos difíceis em sua vida, e isso tem feito você desistir aos poucos de se dedicar ao seu sonho de passar em um concurso, esse episódio é para você. Vou te mostrar como superar problemas pessoais e continuar se dedicando aos estudos. A maioria dos problemas pessoais que afetam os concurseiros são basicamente de ordem emocional. E eles acabam tendo reflexo direto em nossas expressões físicas, emocionais e mentais, basicamente.

Obviamente, quando se trata questões de saúde mais complexas ou de problemas físicos permanentes, este episódio não substitui uma orientação médica adequada. Porém, quando se trata questões mais emocionais, que afetam diretamente os nossos pensamentos, esgotando a nossa disposição física, bloqueando a nossa capacidade de raciocínio e de compreensão das matérias a serem estudadas, a conversa é outra. É exatamente sobre isso que nós conversaremos hoje, ou seja, como fazer com que os problemas pessoais tenham o mínimo de impacto em sua rotina de estudos. Tudo para que você continue caminhando em frente, na direção certa, que é a da sua aprovação. Nós poderíamos listar aqui uma série interminável de problemas. Porém, eu decidi focar em situações que afetam diretamente o convívio familiar, que de acordo com as minhas pesquisas, é onde os estudantes travam as suas maiores batalhas e muitas vezes são derrotados por não saber administrar os conflitos que podem vir a ocorrer.

Eu sou Pablo Amorim, o Mestre dos Concursos do Dicas Curtas e, semanalmente, trago aqui neste podcast, várias dicas e informações para ajudar você a ter alta performance nos estudos e conquistar a sua aprovação mais rápido em um concurso público. Então, para que você não perca nenhuma dica e fique atualizado com todas as informações que estarei compartilhando aqui, basta assinar o podcast e acompanhar todas as semanas o Mestre Em Concursos Públicos do Dicas Curtas.

Agora, vamos para o que interessa!

 

Pressão familiar por resultados

Passar em um concurso público difícil não é missão das mais fáceis. Você vai precisar abrir mão de muita coisa que você gosta de fazer. Mas o importante é você buscar um ponto de equilíbrio e continuar sempre estudando. Mas, além de tudo isso, tem um fator importante e que muita gente não tem consciência da sua existência, até que ele simplesmente acontece.

É o seguinte: A vida continua enquanto você estuda, e os problemas não vão deixar de acontecer só porque você virou concurseiro. 

Você vai ter que trabalhar, vai ter conflitos com a sua família. E muitas vezes você será cobrado por resultados positivos e também pela falta deles. Afinal, sua vida de concurseiro pode durar por dois ou mais anos. E no primeiro mês de estudos, tudo é festa, motivação, todo mundo te ajuda, te apoia. Mas é normal que, com o passar do tempo, esse quadro mude um pouco. A falta de resultados, ou a demora para que eles ocorram pode gerar desconforto ou desconfiança por parte dos seus pares e é normal ouvirmos algumas “piadinhas” uma hora ou outra.

 

  • “Você estuda tanto e até agora nada…”
  • “Como é que é, não vai passar em nada não…”
  • “Eu já gastei tanto dinheiro com você, e você não passa em nenhum concurso…”

 

 

Os conflitos vão aparecer uma hora ou outra.

Além das cobranças temos os compromissos familiares que você vai precisar abrir mão em algum momento por causa dos estudos.

O que fazer nesses casos?

A primeira solução óbvia, é uma boa conversa. Procure demonstrar o quanto a sua aprovação é importante para você, e o quanto todos da sua família irão se beneficiar com a sua aprovação. Tente encontrar um ponto de equilíbrio. Eu, por exemplo, quando estudava para concursos tinha o seguinte acordo com a minha esposa: Como eu trabalhava de segunda à sexta e tinha somente o horário da noite para estudar, caso nós tivéssemos algum compromisso familiar (como aniversários e outros encontros), eu somente participaria aos sábados e domingos. A única exceção eram os aniversários dos meus pais e sogros.

E no caso do meu aniversário ou do aniversário dela e do nosso filho, nós faríamos a comemoração no próximo final de semana. Enfim, qualquer evento fora desse ciclo de “primeiro escalão” familiar, eu estava fora. Normalmente as pessoas respeitam os sonhos dos outros. Deixe tudo muito bem acertado, bem combinado, em alguns momentos você vai precisar ser um pouco rígido e terá que ceder em outros, para achar um ponto de convergência e conseguir levar os estudos em paz.

 

Incentivo à desistência devido à reprovações

Quando estamos em família, a maioria dos conflitos se dá por uma comunicação ruim. Na maioria das vezes o problema não está nas escolhas que você faz ou nos seus objetivos de estudo, mas sim em como você transmite isso à sua família. Em sua grande maioria (senão todos) os pais, mães, maridos, esposas e filhos querem o bem de seus entes queridos e querem também ser informados de seus sonhos e metas de vida. Ser bem claro e informar à sua família o que você deseja com clareza, muitas vezes, por si só, já resolve a questão do conflito familiar. Porém, quando temos alguns tropeços e sofremos algumas reprovações, é normal surgirem dúvidas e questionamentos sobre a nossa própria capacidade de passar em um concurso público de alto nível. E o melhor remédio é ser paciente.

Nem sempre você terá a ajuda da sua família, mesmo nos momentos mais difíceis em que você precise de mais compreensão. Aconteça o que acontecer, seja paciente e mantenha o controle emocional. Se for preciso, pare de estudar por um instante, resolva as suas questões familiares importantes, e então volte a estudar com tranquilidade. Somente essa firmeza de não desistir do seu objetivo é o que vai te fazer conquistá-lo. O sonho é seu. Mesmo que toda a sua família venha a sentir os benefícios da sua aprovação, o sonho é seu e não deles.

E é exatamente por isso que você não pode desistir de conquistá-lo. Ninguém vai lutar por você, nem estudar por você. Se você quer o respeito da sua família pela sua condição de concurseiro, se faça respeitar. Eles podem até não concordar com as suas escolhas, mas tem o dever de respeitar. E a melhor maneira de inspirar respeito é se respeitando. Se você exige respeito das pessoas enquanto estuda, mas se comporta de maneira desleixada em relação aos seus estudos, como exigir respeito?

 

Transformando as cobranças em motivação

Sabe qual é a principal diferença entre quem vive dos problemas e quem enfrenta seus desafios e vence? A Mentalidade adequada (Ou Mindset)!

Nós nascemos para solucionar problemas e superar obstáculos que a vida nos apresenta. Jamais devemos ser vítimas desses problemas. A história sempre se repete: as pessoas que não desistiram e conseguiram ser aprovados em concursos difíceis, tem em suas histórias de superação capítulos muito parecidos. Elas não se deixaram abater, nem por um segundo, sempre seguiram em frente, mesmo diante das dificuldades. São pessoas resilientes, super motivadas e fortalezas repletas de fé. Mas por que alguns concurseiros conseguem superar os seus obstáculos enquanto outros simplesmente desistem?

A primeira grande decisão é se tornar maior do que os seus problemas, enxergando além deles, com a visão na sua solução. E além disso, é importante aprender a ressignificar os momentos ruins, aprendendo e evoluindo com eles, e não dando ouvidos a frustrações, tristezas e perdas. Pense em quantas pessoas aprenderam a dar valor à sua saúde somente depois de passarem por um grave problema de saúde. Quantos precisaram “perder tudo” para ter tudo que precisavam para serem felizes?

 

Ouse ressignificar os seus problemas!

A vida é um aprendizado constante. Toda experiência é capaz de nos tornar seres humanos melhores, mais evoluídos. E cabe somente a cada um de nós analisar esses eventos e transformar os problemas em oportunidades de crescimento, de empoderamento e darmos valor ao que realmente importa. Então, olhe com atenção para si mesmo.

Veja tudo o que acontece ao seu redor sobre um ponto de vista positivo, buscando aprender todos os dias para se tornar um ser humano melhor, um marido melhor, uma esposa melhor e, é claro, um estudante melhor. Enxergue os problemas como oportunidades de crescimento.

 

Resumo:

  • Nós decidimos focar na questão do ambiente familiar, que é onde acontecem a maioria dos conflitos pessoais envolvendo os estudantes. O primeiro aspecto abordado foi justamente a questão da pressão da família pela falta de resultados, ou até mesmo por eles demorarem a acontecer.
  • Além disso você aprendeu que a vida não para porque você decidiu se dedicar aos estudos e aprendeu como conciliar vida pessoal e rotina de estudos.
  • Em seguida, nós vimos que é comum as pessoas pensarem em desistir do seu sonho de passar em um concurso por causa de resultados negativos.Muitas vezes, esse incentivo à desistência parte de nossos próprios familiares.
  • E você aprendeu que desistir não é um opção.
  • E, para finalizar, nós conversamos sobre como transformar os seus problemas em motivação. Ou seja, como você encara as suas dificuldades e as transforma em oportunidades de crescimento e amadurecimento.

 

Espero que tenha gostado do episódio de hoje!

 

Curta, comente, compartilhe e deixe sua avaliação no ITunes para que este conteúdo chegue cada vez mais longe, ajudando mais e mais pessoas a serem aprovadas em um concurso público. Caso fique com alguma dúvida, me procura lá no grupo do Mestre em Concursos no Facebook, pois estarei à disposição para esclarecer todas elas.

Assine este podcast no seu dispositivo Apple através do aplicativo Podcast, ou no seu dispositivo Android usando o aplicativo de podcast’s de sua preferência. E claro também através do Spotify e do Deezer.

Assim você irá receber uma notificação sempre que um novo episódio estiver disponível.

Conheça também nosso time de experts através do nosso site: www.dicascurtas.com.br.

Até a próxima semana!

Pin It on Pinterest

Share This