Ouça agora este podcast!“067 Como um treinador resolve pequenos problemas para o seu sucesso”

A maioria dos treinadores, depois de trabalhar com atletas por um tempo, identifica com facilidade alguns erros frequentes que estes cometem.

Eu sou Renato Silva, o Cara da Academia do Dicas Curtas e semanalmente trago aqui neste podcast, várias dicas e informações para ajudar você a desenvolver nas suas atividades físicas, seja iniciante, intermediário ou atleta.

Então para que você não perca nenhuma dica e fique atualizado com todas as informações que estarei compartilhando aqui, basta assinar o podcast e acompanhar todas as semanas o Cara da Academia do Dicas Curtas. 

Então vamos para o que interessa!

 

Os 3 problemas mais comuns com atletas:

 1. Grandes Expectativas

As expectativas começam no primeiro dia do relacionamento professor x aluno.

Um dos maiores problemas é quando o atleta tem grandes expectativas e não percebe o quanto precisa treinar para alcançar seus objetivos. Há muitos atletas treinando duro e que farão o que for preciso para cumprir o planejado, mas alguns acham que vão correr mais rápido no dia da prova, mesmo que não tenham treinado rápido durante toda a preparação.

A maneira de compensar esse problema é definir metas no início da temporada, ter uma progressão de treinos que trabalhe para atingir essas metas e revisa-las no meio do ciclo para ver se o atleta está indo bem. Se pergunte: os dados de teste estão melhorando a cada mês? Se a resposta for “não” para qualquer pergunta desse tipo, talvez seja necessário ter uma conversa e explicar como funciona.

Faça o treino prescrito, descanse quando estiver na planilha e volte mais forte, repita quantas vezes for possível e continue treinando.

 

 2. O atleta não está seguindo todos os treinos

Esta é provavelmente a mais difícil. Alterar o treino, é como alterar o planejamento, é errado. Quando um treinador organiza um bloco de treinamento, seja 3 semanas, 6 semanas ou mais, há um fluxo e uma progressão para os treinos para ajudar o atleta a atingir suas metas.

Quando um atleta pula um treino, faz um exercício extra ou decide fazer o treino do amigo, esta cometendo um equivoco. Entendo que há momentos em que o atleta quer ir mais rápido ou mais forte do que o planejado, mas é aí que a autodisciplina entra. Os atletas que conseguem fazer os treinos tediosos, não importa o quão difícil ou fácil, semana após semana, são aqueles que vão melhorar. Não tem mágica no treinamento. No final tudo se resume a fazer o que está no calendário e fazer na intensidade prescrita.

 

3. O atleta que não preenche os comentários no feedback

Hoje podemos contar com os benefícios de uma avançada tecnologia para obter números e gráficos dos treinos realizados. No entanto, nem com a facilidade de conectar seus dispositivos de treinamento ao seu telefone, – que então sincroniza com a Garmin e outros aplicativos e depois com o software do treinador, – muitos atletas estão perdendo a parte importante do treinamento: a parte dos comentários. Fizeram o upload automático do treino, mas como se sentiram? Você está motivado? Foi muito fácil? Foi muito difícil? Como foi sua nutrição? Como você se sente agora, duas horas depois? Os treinadores normalmente estão procurando por uma frase simples ou duas: “O treino foi difícil. Eu fiz nos intervalos, estou me sentindo melhor depois da minha recuperação.

Obviamente, como treinador, você precisa do feedback para medir o quanto o atleta trabalhou e qual seu estado psicológico após o treino. Os números são impressionantes e contam sua própria história, mas obter a percepção sobre como o atleta se sente após o treino vale ouro.

 Para evoluir seus treinos pequenos ajustes são importantes e podem fazer toda a diferença.

Espero que tenha gostado do episódio de hoje!

 

Curta, comente, compartilhe e deixe sua avaliação no ITunes para que este conteúdo chegue cada vez mais longe, ajudando mais e mais pessoas a melhorarem e se desafiarem a fazer mais no esporte.

Caso fique com alguma dúvida, me procura lá no grupo do Cara da Academia no Facebook, pois estarei à disposição para esclarecer todas elas.

Assine este podcast no seu dispositivo Apple através do aplicativo Podcast, ou no seu dispositivo Android usando o aplicativo de podcast’s de sua preferência.

E claro também através do Spotify e do Deezer. Assim você irá receber uma notificação sempre que um novo episódio estiver disponível.Conheça também nosso time de experts através do nosso site: www.dicascurtas.com.br.

Até a próxima semana!


Como começar o ano motivado | O Cara da Academia

 

 

Pin It on Pinterest

Share This