Ouça agora este podcast!“021 Conversão no Marketing Digital”

Hoje vou falar sobre a conversão no marketing digital!

Este é um dos pilares que precisam existir em seu planejamento de marketing e é sem sombra de dúvidas um termômetro, indicando se suas campanhas estão quentes (gerando resultados) ou estão frias (fazendo você apenas perder seu tempo e dinheiro).

Eu sou Breno Reis, o expert em Marketing Digital do Dicas Curtas e semanalmente trago aqui neste podcast, várias dicas e informações para ajudar você a alavancar suas vendas e também a conhecer um pouco mais sobre este mercado em constante evolução.

Antes de inciarmos o episódio de hoje, quero te fazer um convite.

Venha fazer parte da comunidade de ouvintes deste podcast no Facebook.

Pesquise pelo grupo do Expert Em Marketing Digital do Dicas Curtas e solicite sua participação.

Lá você poderá fazer sugestões, tirar dúvidas e estar em contato direto comigo.

Então vamos para o que interessa!

Ainda é preocupante saber que muitas empresas nem sabem o que significa esta palavra quando investem em marketing seja no meio tradicional ou digital.

Algumas até sabem que este número existe, mas não sabe para que serve ou como mensurá-lo.

Outras estão apenas olhando uma vez por ano este número para definição de ações estratégicas, ou para definir metas para um time comercial ou de um ecommerce.

Na verdade é extremamente essencial realizar o acompanhamento da taxa de conversão para entender a real eficiência da comunicação do site ou de uma página específica.

O que é Conversão?

A conversão refere-se à taxa de conversão, que é uma métrica que pode ser medida em todas as fases de um funil de vendas, estando diretamente relacionada a uma ação específica em cada uma de suas fases.

Utilizando um site como exemplo, nós podemos dividir o funil em 3 etapas:

  •         Na primeira etapa queremos saber a taxa de conversão de pessoas que visitam o site e se cadastram, ou seja, se tornam lead’s;
  •         Na segunda etapa queremos saber qual taxa de conversão de lead’s que visualizam uma página especifica do site, após o envio de um e-mail;
  •         Por último, na terceira etapa, queremos saber a taxa de lead’s que acessaram a página e realizaram uma compra.

Os tipos de conversão

Com o exemplo que dei, ficou claro que existem diferentes tipos de conversão para uma estratégia de marketing digital.

Então vou comentar quais os tipos existentes de conversão, para que você possa começar o quanto antes a coletar estas informações em suas campanhas:

  •         O modelo mais básico de conversão é aquele que ocorre a partir de uma chamada para ação que gera uma venda. Por exemplo: você investe em um anúncio pago para venda de alguns produtos, uma pessoa visualiza seu anúncio, clica e visita seu site, escolhe o produto que deseja e realiza a compra. Esta última ação é chamada: “conversão”;
  •         Outro tipo de conversão está relacionado a pessoas que acessam seu site, e a partir dele, se cadastram para ter acesso a algum material ou conteúdo que foi criado para a aquisição de novos lead’s;
  •         Existe ainda uma ação que está relacionada ao compartilhamento de conteúdos em alguma de suas redes sociais. Esta ação é denominada “Conversão Social”;
  •         Por fim, temos as conversões que ocorrem através do e-mail marketing, aquelas em que são enviados e-mails para os lead’s, realizando uma oferta para conseguir mais vendas ou apenas distribuir algum material exclusivo como um e-book ou infográfico.

Calculando a taxa de conversão

Para calcular a taxa de conversão, vamos utilizar o mesmo exemplo que citei anteriormente, onde quero demonstrar este cálculo a partir do número de novos lead’s.

Vamos supor que o site recebeu durante período específico 1.000 visitas.

Dessas visitas, 34 pessoas se cadastram para receber um e-book.

Agora basta dividir o número de pessoas que se cadastraram pelo número de visitantes:

Taxa de conversão: 34 / 1000 = 3,4%

Portanto neste caso, temos uma taxa de conversão de 3,4%.

Minha taxa de conversão é boa?

Agora você pode ter olhado este número e achado ele muito baixo, o que no caso de uma conversão de “lead’s” pode até ser baixo, mas é necessário analisar o contexto para isso.

Imagine que esta taxa de conversão é para a compra de um produto de alto valor, um carro que custa em média R$ 300 mil por exemplo.

Se a cada 34 lead’s ocorrer uma venda, em um período de 15 dias investindo R$ 1 mil reais em anúncios, o retorno sobre o investimento será extremamente alto.

A taxa de conversão é boa, concorda?!

Aqui você pode com base nesta taxa, fazer ajustes na sua campanha para aumentar o número de lead’s que se cadastram, como pode também investir mais recursos financeiros em anúncios também para adquirir mais lead’s.

Cada caso é um caso, ou seja, tudo depende de fatores como as informações sobre o produto ou serviço, preço, concorrência, qualidade do seu produto e muitos outros parâmetros que podem influenciar positivamente ou negativamente em suas conversões.

Dicas para aumentar suas conversões

Agora seguem algumas dicas para aumentar o número de conversões para o seu negócio:

  •         Estabeleça canais de comunicação de fácil acesso aos seus clientes, principalmente através de um chat, onde o cliente pode obter mais informações de forma rápida, onde você pode contar inclusive com um chatbot para auxiliar neste processo;
  •         Sempre que possível, crie páginas específicas para cada um de seus produtos ou serviços, de tal forma que seus clientes possam obter as informações mais relevantes, assim como depoimentos e benefícios do que será adquirido ao realizar a compra;
  •         Outra dica é ter uma headline objetiva e que desperte de fato o interesse de quem chegou até aquela página. Nada de promessas milagrosas ou frases aleatórias, pense estrategicamente na frase para alcançar os objetivos que deseja;
  •         Utilize de forma coerente e objetiva imagens e vídeos, porque estes recursos provocam um maior apelo emocional e geram um impacto direto nas conversões.

 

“Se o conteúdo é rei, a conversão é a rainha!”

Esta frase emblemática foi dita por Jhon Munsell e reflete bem a importância tanto do conteúdo, como da conversão no meio do marketing digital.

Ambos precisam estar em completa sinergia e fazendo sentido para seu cliente, porque se você criar alguma espécie de dúvida ou deixar algum ponto desconectado em sua comunicação, pode acabar perdendo vendas no meio do processo.

É por isso que ao analisar uma taxa de conversão, você irá perceber que pontos específicos precisam ser melhorados e na maioria dos casos o problema vai estar entre o que chamou a atenção de um cliente e o que foi “ofertado” a ele no final.

O grande momento: A Oferta

Mas vou reforçar agora onde estão concentrados os maiores erros e o melhor local para você realizar os devidos ajustes para aumentar o número de conversões do negócio: A Oferta!

A oferta precisa conter alguns elementos básicos para que os objetivos desejados sejam alcançados:

  •         O primeiro deles é chamar a atenção com uma boa headline (reforçando o que já comentei aqui).
  •         Em segundo lugar, despertar a necessidade de acabar com um problema que o seu produto resolve.
  •         Terceiro apresentar a melhor solução, que na verdade refere-se a seu produto ou serviço que você está oferecendo.
  •         Por fim, convocar o lead ou o visitante para iniciar agora a solução do problema.

Não esqueça os aspectos técnicos

Diversos problemas relacionados ao baixo número de conversões, também ocorrem por falhas que vão desde a um link que não funciona, até aquelas que levam o cliente para uma página errada.

Como a aplicação das estratégias de marketing digital exigem uma capacitação técnica elevada, principalmente para aqueles que não possuem muita intimidade com sistemas e demais tecnologias, é muito importante testar tudo!

Lembrando todas as fases de um funil de vendas, verifique se ao se cadastrar o material ou isca digital fornecida é entregue de fato.

Depois teste também se os e-mails estão sendo enviados e se estão sendo visualizados pelos seus lead’s. Caso haja links nesses e-mails, também é importante testá-los para evitar a perda desses contatos.

Em seguida, verifique se os meios de pagamento estão funcionando corretamente.

A página de vendas é sem sombra de dúvida o local mais sensível do seu sistema de vendas, pois caso ocorra algum erro, ou as pessoas se sintam inseguras em fornecer seus dados de pagamento, as conversões não irão ocorrer.

Caso você apenas forneça um formulário de cadastro para seus clientes para um pedido de orçamento ou contato via telefone em um momento posterior, verifique se ao preencher este formulário ocorre com sucesso à integração desejada a partir deste cadastro.

Espero que tenha gostado do episódio de hoje e caso fique com alguma dúvida, deixe-a lá no grupo do Expert Em Marketing Digital que estarei à disposição para esclarecer todas elas e ajudar você a alcançar seus objetivos através do marketing digital.

Então como sempre digo:

Se você ainda não está aplicando estratégias utilizando o marketing digital para o seu negócio, você está perdendo oportunidades e deixando de se posicionar como referência no seu mercado de atuação.

Gostou dessa dica, assine o podcast do (a) Expert em Marketing Digital do Dicas Curtas através do aplicativo de podcast de sua preferência.

Assim você irá receber uma notificação sempre que um novo episódio estiver disponível. Conheça também nosso time de experts através do nosso site: www.dicascurtas.com.br.

Até a próxima semana!

Pin It on Pinterest

Share This