Vejo muitas pessoas desperdiçando tempo, esforço, dinheiro e fracassando incalculáveis vezes ao longo de suas jornadas a caminho do emagrecimento ou do controle do peso corporal por falta de entendimento.

O podcast de hoje, não é necessariamente sobre o mais relevante, mas sobre o papel de cada uma e como colocar essas variáveis em plena harmonia.

De verdade mesmo, a ideia é fazer desse podcasts um manifesto do pensador quebrando o velho paradigmas da inversão de valores e trazer mais consciência do papel dos exercícios físicos, da alimentação ou mesmo de uma dieta.

A compreensão do papel de cada pode ajudá-lo a construir um estilo de vida que vai auxilia-lo em processo de emagrecimento mais virtuoso através de uma estratégia que se apresente mais leve, harmônica e acima de tudo sustentável.

Ouça agora este podcast!

Ouça “101 O que é mais relevante dieta ou exercícios físicos?” no Spreaker.

Aqui é Fábio Jones “O Cara da academia” do “Dicas Curtas” eu sou Personal Trainer, um entusiasta do comportamento humano e apaixonado pelo desenvolvimento pessoal, eu trarei pra vocês semanalmente um conteúdos riquíssimo que vai ajudá-lo cuidar da saúde, aumentar sua autoestima e fazer de você uma pessoa mais saudável, entusiasmada e vibrante, tudo isso através da essência da atividade física.

Mas para que você possa realmente aproveitar todo conteúdo que esta por vir, não esqueça de assinar nosso podcast, assim você não perderá as recomendações DO CARA DA ACADEMIA do Dicas Curtas.

E agora vamos para o que interessa!

Quantas vezes você já não se frustrou ao iniciar uma dieta restritiva combinada com uma bela rotina de exercícios físicos, através de atividades longas e intensas com a maior frequência semanal aspirando o maior gasto calórico possível para perder peso em tempo recorde e ainda assim não conseguiu resultados consideráveis.

Quantas vezes você desistiu no meio do caminho quando isso aconteceu?

Quantas vezes ao fracassar você disse a si que exercícios físicos não é pra você?

Eu acredito que quase todo mundo já passou por esse dilema um dia e se você está aqui me ouvindo talvez seja parte dessa estatística e eu sei como isso é frustrante e por esse motivo vou tentar ajudá-lo.

Alem disso, acredito que o maior causa está no contra-senso que existe sobre o papel dos exercícios fisico e da alimentação o que nos leva a uma seguir uma estratégia insustentável e assim sendo ineficiente.

Entretanto como Professor de Educação física e Personal Trainer sou obrigado a fazer mea-culpa por esse equívoco, afinal, por vezes nós e o mercado em geral vendemos a ideia duvidosa de que exercícios físicos são instrumentos meramente para o emagrecimento.

Vamos tentar colocar cada coisa em seu devido lugar e  projetar luz sobre a escuridão dessa incompreensão.

Primeiramente, vamos compreender qual é o papel da alimentação ou de uma dieta:

O papel da alimentação e nos fornecer energia e nutrientes para o bom funcionamento de nosso organismo a nível bioquímico e dessa forma tenhamos condições favoráveis para realização de nossas tarefas diárias inclusive disposição suficiente para as atividades físicas, e se estamos engordando ou não conseguimos emagrecer e um sinal de que não estamos fazendo isso da melhor maneira possível, comendo mais que o necessário, ou ingerindo alimentos altamente calóricos de baixo valor nutricional.

Dietas em minha opinião é uma medida paliativa que tem como objetivo fazer com que as pessoas percam de peso.

Porém, como disse a pouco, dieta e algo transitório, e o problema vem quando alcançamos o resultado desejado e logo voltamos as velhas praticas alimentares de antes e por vezes engordar tudo novamente.

Já quanto aos exercícios fisico acredito que o primeiro passo é deixarmos de associá-los  apenas as questões de controle de peso e relacioná-los ao sofrimento e punição.

Acima de qualquer coisa, o papel dos exercícios é  preservar nossas capacidades físicas, como força, flexibilidade, resistência e nossas habilidades motoras básicas como correr, saltar, deitar levantar, além de, auxiliar no bom funcionamento do sistema circulatório e hormonal  o que faz deles uma ferramenta incrível para o processo de emagrecimento.

Entretanto, gosto de deixar bem claro que a regulação do peso corporal envolve outros processos que não podem ser explicados meramente pela noção de que tudo se resume a calorias é um questão complexa e multifatorial, que pode estar associada a condições genéticas, metabólicas e fisiológicas.

Resumindo, nesse caso, não existe o mais importante, mas cada um exercendo seu papel e ao ponto que conseguirmos colocar essas duas variáveis trabalhando em harmonia, seremos capazes de colher bons resultado ao tempo que caminhamos pra construir um estilo de vida verdadeiramente sustentável.

Aqui vão 4 passos pra você construir em 4 semana um relação harmônica entre exercícios fisico e alimentação.

Semana I

Faça um relatório diário de suas refeições com as quantidade e horários de cada

Inicia uma atividade física minimamente agradável com intensidade leve ou moderada, duas vezes na semana com duração de 30 minutos.

Semana II

Após analisar todo seu comportamento alimentar da semana anterior, aplique estratégias que tornem essa rotina mais assertiva e qualitativa no que diz respeito aos horários e intervalos entre refeições e coloque 1 dia a mais de atividade somando três dias de frequência semanal.

Semana III

Depois de alinhar horários e intervalos das refeições e chegado o momento de fazer melhores escolhas eliminando e substituindo alimentos de baixo valor nutricional para alimento de mais qualidade e colocar 10 minutos a mais em cada atividade.

 Semana IV

Partindo do pre-suposto que agora você tem total domínio de sua rotina alimentar e essa agora se faz um rotina mais assertiva e o momento de reduzir as quantidades de alimento em cada refeição e colocar mai um dia de atividade física com duração.

Lembrando que essas progressões podem ser realizadas sucessivamente semana a semana.

Apesar de ser uma dica muito simples, esse processo detalhado e gradativo e extremamente eficiente para colocarmos alimentação e exercícios físico em perfeita harmonia.

E se você quiser aumentar a sua compreensão sobre como construir um rotina alimentar mais assertiva, confira o episódio anterior o #100 Como construir um rotina alimentar mais assertiva, equilibrada e saudável?

Comece sua rotina de exercícios físico hoje, assuma as rédeas de sua alimentação, pegue um papel e caneta e inicie seu relatório, descubra os gargalos que te afastam do sucesso, programe meticulosamente todas suas refeições, afinal, você só será capaz de curar aquilo cujo você tem o diagnostico!

Não perca mais tempo, aja agora e esteja disposto a pagar o preço, pois a grande finalidade da vida não está no conhecimento, mas na ação.

Espero que tenha gostado do episódio de hoje!

Se você gostou curta, comente e compartilhe o Dicas Curtas em suas redes sociais.

E caso fique com alguma dúvida me procura no grupo do O cara da academia no Facebook, pois estarei a  disposição para esclarecer todas elas.

Assine e acompanhe esse podcast através do seu dispositivo Apple ou Android, sendo que você também pode encontrar o O cara da Academia no Spotify e no Deezer.

Sabia que a partir de agora você também pode ajudar o Dicas Curtas a crescer ainda mais fazendo parte do grupo de apoiadores?

Com incentivos a partir de 1 real por mês, você ajudará o Dicas Curtas a alcançar mais pessoas, incluir novos experts, e claro, ter acesso ao grupo de apoiadores no Facebook para receber conteúdos especiais e ter acesso a lives exclusivas para poder tirar suas dúvidas ao vivo com o expert de sua preferência.

Para ser um apoiador basta acessar o site: apoia.se/dicascurtas.

O link vai estar disponível na descrição do episódio!

Ficamos por aqui e até a próxima semana com mais uma dica do O cara da Academia!

Até a próxima semana.

Como começar o ano motivado | O Cara da Academia

Pin It on Pinterest

Share This