Ouça agora este podcast!

“080 Funil de Vendas”

No episódio anterior eu falei sobre o essencial do marketing digital com o objetivo de tirar você do círculo vicioso do consumo de informações, apresentando o que realmente precisa focar na hora de construir um negócio no ambiente digital.

Este conteúdo é importante para te ajudar a fugir das variações que existem, com nomes impressionantes, mas que se referem a uma mesma estratégia.

Assim você entende o básico estabelecendo de uma vez por todas a sua marca, sem perder tempo e dinheiro.

Porém agora neste episódio, eu vou falar sobre o funil de vendas, que é basicamente o processo ou as etapas que um possível cliente percorre até realizar uma compra de você.

Caso sua empresa nunca tenha trabalhado utilizando o conceito de “funil de vendas”, você precisa parar tudo que está fazendo agora e entender toda a jornada que seu cliente percorre até comprar de você.

Desde o primeiro contato até a venda!

Eu sou Breno Reis, o expert em Marketing Digital do Dicas Curtas e trago aqui neste podcast, várias dicas e informações para ajudar você a alavancar suas vendas e a conhecer um pouco mais sobre este mercado em constante evolução.

Então para que você não perca nenhuma dica e todas as informações que compartilharei aqui, basta assinar o podcast e acompanhar todas as semanas o Expert Em Marketing Digital do Dicas Curtas.

Então vamos para o que interessa! 

 

O que é o Funil de Vendas?

Sabe aqueles passos que você executa até consumir um produto ou contratar um serviço?

Você passou por uma jornada de compra, onde a partir de um problema que possuía, buscou informações a respeito, identificou uma possível solução, tirou suas dúvidas e efetuou a compra.

Você percorreu o funil de vendas e nem percebeu!

O funil de vendas no marketing digital refere-se as etapas que o possível cliente percorre até realizar a compra.

Primeiramente entenda que o funil é realmente a representação de algo que tem a boca maior, ou seja, permite uma maior entrada de algo, que neste exemplo são pessoas, mas que ao final vai chegar em uma saída com uma pequena vazão, com uma boca estreita que representa quem de fato comprará de você.

Entenda que isso não significa que todo mundo vai comprar de você, porque várias pessoas durante o processo decidem não continuar na jornada, mas aquelas que seguem até o final aumentam a cada etapa a probabilidade efetuar a compra de você.

Então voltando a falar das perspectivas, nós temos a visão de marketing que contempla: o topo do funil, o meio do funil e o fundo do funil.

 

O topo do funil

No topo do funil podemos considerar dois momentos bastante importantes que envolve a fase de identificação e qualificação dos seus possíveis clientes.

Essa qualificação ocorre através da entrega de informações que vão chamar a atenção das pessoas por meio das pesquisas de conteúdo ou anúncios que você realizou.

Para esta etapa do funil, você poderia por exemplo criar um artigo explicando como resolver o problema postando um vídeo em seu canal no YouTube, demonstrando como um problema pode ser resolvido (ou parte dele).

Sabe o que é mais interessante nesta etapa?

O visitante ele vai estabelecer uma afinidade com você e com sua marca, vai perceber que você entrega valor se tornando um seguidor seu, acompanhando seus conteúdos ou até se cadastrando para receber mais informações como a aquela que ele já consumiu.

É neste momento que você pode oferecer um passo a passo ou algo que somente a partir dos dados de contato seja possível acessar.

O meio do funil

Agora de posse dos dados de contato desse cliente, como nome, e-mail e telefone, você parte para o próximo passo, que é o Meio de Funil.

Neste ponto você fica livre para se aprofundar um pouco mais na dor do cliente, apresentando a possibilidade de se obter uma solução mais completa em relação a uma dor ou problema que ele quer resolver definitivamente, apresentando sua solução e como ela vem resolvendo o problema de outras pessoas semelhantes a este possível comprador.

A partir de agora seu contato (ou lead) vai estar considerando “você” como uma saída para o problema que ele possui, onde em muitos casos, pode estar com a uma certa urgência em resolver aquilo ou ainda reconhecendo que seu produto ou serviço é uma possível solução.

Agora é apresentar o seu diferencial em relação aos concorrentes de mercado, identificando eliminando qualquer objeção ou impedimentos, para que a pessoa avance no processo no funil.

Fundo de Funil

O fundo de funil é a hora da decisão, onde a venda acontece de fato!

Aqui você coloca uma condição exclusiva, por exemplo, para que a compra aconteça, incluindo algum tipo legítimo de escassez, preço promocional ou limite de tempo, que você vai realmente aplicar e não poderá se repetir em ações futuras.

Executando esses passos você vai poder medir quantas pessoas chegaram no seu topo de funil, quantas delas avançaram em busca de informações mais especializadas a respeito do problema que você resolve, quais delas estão querendo tirar dúvidas a respeito do produto que você oferece e quais estão prontas para comprar, precisando apenas de um incentivo real para executar o último passo.

 

Vamos dar exemplos agora…

Vamos supor que você tenha uma empresa de contabilidade e precisa de novos clientes.

Após identificar a persona, assim como suas as dores e o problemas que elas vivenciam no seu dia a dia, vai conseguir criar um artigo para as uma das dores desse público-alvo com uma estratégia muito bem estruturada.

Você pode impulsionar este artigo ou apenas otimizando para ser encontrada através dos mecanismos de buscas.

Quem entrar em contato com este conteúdo e perceber que ele realmente ajuda ou vai ajudar sua empresa a performar melhor, vai te considerar como uma autoridade no mercado a partir daquele momento.

Neste mesmo artigo, você já deixa um gancho para uma possível planilha de acompanhamento fiscal ou algum tipo de passo a passo, ajudando de forma mais específica a resolver um problema, porém a partir das informações de contato como: e-mail e telefone.

Se ele entrou na sua lista de contatos é hora de saber o que ele achou do seu material, apresentando o principal serviço que resolve especificamente completamente a dor do seu possível cliente.

A partir deste ponto o levará para página de apresentação do seu produto, detalhando melhor a sua solução de maneira estratégica, sem colocar de fato o valor e suas pré-condições de venda.

Comece trabalhando algumas objeções e esclarecer dúvidas. Aproveite também para mostrar cases de sucesso e bônus caso existam.

Sabendo que essas pessoas entraram em contato com este último conteúdo, você pode levá-las para a última etapa do seu funil, apresentando a sua página de vendas com uma condição exclusiva, um prazo limite para efetivação da contratação com essa condição e fechar a venda.

Este foi um exemplo de segmento de serviços.

Caso você tenha oficina mecânica ou uma empresa de prestação de serviços diversos, já pode usar essa estrutura para alcançar os melhores clientes para você.

Agora, caso você tem uma empresa que vende um software, existe uma estratégia que funciona muito bem quando se é possível oferecer um teste drive do seu produto.

Da mesma forma do exemplo anterior, você precisa criar algum conteúdo demonstrando como o problema é resolvido através de um software de gestão, ou de um aplicativo de ajuda nas suas tarefas diárias e muito mais.

Em seguida você vai apresentar como o seu software vem resolvendo problemas semelhantes e de outras empresas, mostrando aquelas que aumentaram seus lucros, aumentaram sua produtividade e estão crescendo no mercado.

O seu próximo passo é convidar essas pessoas a experimentarem o seu produto, seja por 7, 15 ou 30 dias, com acesso à sua solução e avaliando se ela realmente atender às suas necessidades, tirando dúvidas e aprendendo como funcionaria.

Por fim você durante o período de experimentação oferece um desconto único para quem assinar o aplicativo durante essa fase, fazendo com quem já está experimentando o produto, tome a decisão imediatamente de manter seu acesso, tendo em vista que já está utilizando e está tendo sido beneficiado por aquela solução.

 

Bom… Neste episódio expliquei o que é um funil de vendas, quais são suas principais etapas, além de dois exemplos que você pode aplicar imediatamente em seu negócio para começar a coletar os dados relevantes para suas estratégias de crescimento.

Então não fique apenas consumindo conteúdos, parta para a ação e execute tudo que vem aprendendo aqui neste podcast.

Espero que tenha gostado deste episódio!

 

Se você gostou curta, comente e compartilhe o Dicas Curtas em suas redes sociais. E caso fique com alguma dúvida, me procura lá no grupo do Expert em Marketing Digital no Facebook, pois estarei à disposição para esclarecer todas elas. Assine e acompanhe esse podcast através do seu dispositivo Apple ou Android, sendo que você também pode encontrar o Expert em Marketing Digital no Spotify e no Deezer.

Agora um anúncio muito importante:

Sabia que a partir de agora você também pode ajudar o Dicas Curtas a crescer ainda mais fazendo parte do grupo de apoiadores?

Com incentivos a partir de 1 real por mês, você ajudará o Dicas Curtas a alcançar mais pessoas, incluir novos experts, e claro, ter acesso ao grupo de apoiadores no Facebook para receber conteúdos especiais e ter acesso a lives exclusivas para poder tirar suas dúvidas ao vivo com o expert de sua preferência.

Para ser um apoiador basta acessar o site: apoia.se/dicascurtas.

O link vai estar disponível na descrição do episódio!

Ficamos por aqui e até a próxima semana com mais uma dica do Expert Em Marketing Digital do Dicas Curtas!

Até a próxima semana.

Podcast do Expert Em Marketing Digital | Dicas Curtas

Pin It on Pinterest

Share This