Ouça agora este podcast!

Listen to “086 Harmonização Orofacial – Parte 08 – Lipoaspiração: o pote de ouro da saúde e beleza!”

Já quero começar agradecendo você, que está nos ouvindo, sabemos como o tempo é precioso e por isso quero valorizar cada minutinho que você está aqui comigo e te entregar somente dicas de valor, que realmente vão fazer diferença na sua vida. Muito obrigado pelo carinho que tenho recebido em todas as redes sociais, consultorias on line e WhatsApp por toda parte do Brasil e do mundo com testemunhos de melhorias na saúde dos nossos ouvintes. Muito obrigado por permitir que o Dicas Curtas faça parte da sua vida! O episódio de hoje revelaremos o sétimo segredo para gerenciar o envelhecimento da pele.

Já pensou, além de afinar o rosto com uma técnica simples ainda poder usar o seu próprio tecido removido e reutiliza ló em qualquer parte do seu corpo, até mesmo nas parte íntimas? 

Olá, aqui é Abílio Seronni, o Doutor Saúde, do Dicas Curtas e se você ficou curioso para saber qual é essa técnica, agora eu vou revelar a mina de ouro escondida em nossas gorduras! Fique comigo pois está começando o oitavo episódio da série HOF – Harmonização OroFacial que estamos abordando em cada episódio uma técnica diferente e suas indicações.

Então vamos lá!

 

Depois de revelar sete segredinho nos episódios anteriores da série HOF, agora chegou a vez de falar do oitavo queridinho do protocolo do Doctor Rey, o cirurgião plástico das atrizes de Hoolywood, em parceria com a Odontobranding que nos revelou durante o curso de imersão ministrado na Flórida e que você vai ter acesso em primeira mão, aqui no Dicas Curtas, comigo, o  Doutor Saúde!

Conhecido como célula tronco ou célula mãe, a stem cell (em inglês) são células capazes de se diferenciarem em qualquer célula do nosso corpo, têm a capacidade única de se renovar em outras células, o que significa que podem reparar tecidos que foram danificados por doenças, por acidentes ou pelo envelhecimento natural, estão presente em vários lugares como na polpa do dente, cordão umbilical, na medula óssea e até mesmo nas gordurinhas do nosso corpo.

Descoberta pelo cientista James Till em 1963 e reproduzido através de embriões humanos por James Thomson em 1998, chegamos ao prêmio Nobel de Medicina em 2012 por dois cientistas: o britânico Sir John Gurdon que provou a cinquenta anos a trás que a célula adulta poderia se diferenciar e voltar a ser uma célula-mãe ou célula-tronco e o japonês Shinya Yamanaka que revelou a ”caixa preta” do óvulo, descobrindo os quatro genes capazes de fazer isso, em um método simples, que podia ser repetido em centenas de laboratórios ao redor do mundo, criando a célula-tronco pluripotente induzida (iPS), ou seja, célula adulta especializada que foi reprogramada geneticamente para o estágio de célula-tronco embrionária.

Agora, uma célula somática (não envolvida diretamente na reprodução), como a da pele, pode “voltar” a um estágio similar ao de célula-tronco embrionária pela adição de alguns genes – criando a célula iPS.

O que fazemos na HOF é mais simples ainda, com resultados surpreendentes, mas no Brasil, é proibido divulgar o tratamento com células-tronco, não é permitida a comercialização desse tipo de célula, tanto por ser proibido vender ou alugar qualquer material biológico humano, tanto pelas terapias serem ainda experimentais, mas o que se faz trabalhando com preenchimento de gordura manipulada do próprio paciente não deixa de ser uma terapia com célula-tronco. 

Atualmente o Brasil não possui nenhuma lei específica para pesquisas. O que existe é a Resolução 466/12, do Conselho Nacional de Saúde, que determina que os projetos de pesquisa devam ser aprovados pelos Comitês de Ética em Pesquisa para serem iniciados.

As pesquisas, após serem aprovadas pelo Comitê de Ética local, precisam também ser aprovadas pela Comissão Nacional de Ética em Pesquisa (CONEP). Estamos muito atrasados em relação a outros países como México, Rússia, Israel, Coreia do Sul e Inglaterra que tem a política mais liberal do mundo.

O que existe no Brasil é a Lei de Biossegurança (LEI Nº 11.105), aprovada em 2005 pelo Congresso Nacional. É uma lei ampla, com 42 artigos, que determina os mecanismos de manipulação tanto dos organismos geneticamente modificados (OGM) quanto das células-tronco embrionárias. Em seu art. 5º, foi estabelecido que é possível usar as células embrionárias para pesquisas, porém, com uma série de restrições.

O que se tem feito no campo da cirurgia plástica é a retirada da gordura indesejada, lipoescultura, processada e injetada entre a camada das glândulas mamárias e a pele, substituindo as próteses mamárias.

A ideia se alastrou agora no campo da HOF, usando as gordurinhas pra preencher: sulcos como o bigode chinês e rugas de fantoche e também para volumizar a maça do rosto dando efeito ”top model look”, ângulo de mandíbula e também pode ser usado nas partes íntimas dando volume e hipertrofia muscular ao pênis e reparação muscular da vagina.

Agora que você conheceu as suas indicações, vou apresentar as técnicas mais comuns da face.

Antes de falar das técnicas , você sabia, após a descoberta das células iPS pelo japonês que ganhou o prêmio Nobel, o mundo já reconheceu a pesquisa que ainda não mudou diretamente a vida do público mas mudou a forma de fazer ciência, é dito que até que se criou uma nova área da medicina. Hoje, ao em vez de testar em animais, já estão testando em tecido humano criado em laboratório por estas células, o que possibilita resultados fidedignos para nós humanos.

Agora, preste atenção nas técnicas.

 

BICHECTOMIA:

Uma técnica cirúrgica que tem o objetivo de remover a ‘’almofada’’, a bolsa de gordura da bochecha proeminente chamada ‘’bolas de Bichat’’, deixando a proporcional ao rosto. Localiza entre a maxila e a mandíbula. Essa bola de gordura está presente no corpo independente se a pessoa está acima ou abaixo do peso. Uma outra forma de removê-la é através da aplicação de ozônio diretamente nas gordurinhas, já que o ozônio é lipolítico, ou seja, faz a lise, a quebra de gordura. Seria a bichectomia sem corte, porém estaria desperdiçando o tesouro das células tronco. A função dessa gordura é exclusiva para ajudar na sucção do leite durante a fase de aleitamento materno. Após essa fase, ela deixa de ter função no rosto. Geralmente se remove essas gorduras para afinamento do rosto, dando o efeito de projeção das maças do rosto, criando o efeito ‘’top model look’’. Após sua remoção a dica é fazer drenagem linfática no local e usar uma faixa para remodelar a face. Seu efeito aparece após 6 meses em média pós cirurgia.

 

LIPO DE PAPADA

A Lipo de Papada pode ser ozonizada, enzimática ou aspirada.

Ozonizada é o tratamento menos invasivo por se tratar de injetar ar diretamente na papada. Deve se repetir a aplicação mensalmente até chegar ao resultado desejado.

Enzimática é o segundo tratamento menos invasivo que permite a redução de medidas através da diminuição de gordura fazendo micro injeções subcutâneas, semelhantes as injeções de insulinas, que ao serem aplicadas em toda região conseguem deixar o rosto livre da indesejada papada. Geralmente se faz 3 a 5 sessões para ter um efeito desejado.

Lipo aspirada é a técnica invasiva onde se faz um pequeno corte dois dedos abaixo do ângulo da mandíbula suficiente para entrada de uma cânula cirúrgica para injeção de solução de Kleiner (solução enzimática) e aspirar imediatamente a gordura. É a técnica mais eficiente por necessitar de uma única sessão, porém é a mais invasiva.

 

Resumindo, a bichectomia e a lipo de papada são técnicas relativamente simples e segura criadas para remodelar o rosto e pescoço e ao mesmo tempo permitir extrair o ouro da harmonização que é a terapia com células tronco. Antes tida como vilã, agora a gordura se tornou a queridinha da HOF. Enfim, são mais opções para gerenciar o seu envelhecimento com saúde e beleza. 

Para tirar dúvidas ou agendar uma avaliação o link está na descrição.

link: http://bit.ly/duvidasdoutorsaude

No próximo episódio vamos falar sobre ‘’OZÔNIO – o elixir da juventude!”

Espero que tenha gostado do episódio de hoje! Tem algum assunto que você gostaria de saber mais a respeito?

Ficou com alguma dúvida? Venha fazer parte da nossa comunidade no Facebook O Doutor Saúde e sanar todas elas!

Se você gostou curta, comente e compartilhe o Dicas Curtas em suas redes sociais.

Aproveite agora para assinar e acompanhar esse podcast através do seu dispositivo Apple ou Android, sendo que você também pode encontrar o O Doutor Saúde no Spotify e no Deezer.

 

Agora um anúncio muito importante:

Sabia que a partir de agora você também pode ajudar o Dicas Curtas a crescer ainda mais fazendo parte do grupo de “Apoiadores”?

É isso aí! Com incentivos a partir de 1 real por mês, você ajudará o Dicas Curtas a alcançar mais pessoas, incluir novos experts, e claro, ter acesso ao grupo de apoiadores no Facebook para receber conteúdos especiais e ter acesso a lives exclusivas para poder tirar suas dúvidas ao vivo com o expert de sua preferência.

Para ser um apoiador basta acessar o site: apoia.se/dicascurtas

O link vai estar disponível na descrição do episódio!

Ficamos por aqui e continue acompanhando este podcast eu sou Abílio Seronni, o Doutor Saúde do Dicas Curtas.

Um abraço e até a próxima semana.

 

Pin It on Pinterest

Share This