Ouça agora este podcast!

“071 Poluentes e parasitas: serão as causas de todas as doenças? Parte 1”Você já imaginou trocar seu travesseiro por um novinho e após alguns dias manifestar doença respiratória? Lavar roupas e pratos na mão por dias e desenvolver alergias? Comer alimentos amanhecidos frequentemente como pizza, manteiga e queijo e desenvolver insuficiência hepática?

Olá, aqui é Abílio Seronni, o Doutor Saúde, do Dicas Curtas e se você quer saber mais sobre os poluentes que enfraquecem nossa saúde do dia a dia , fique comigo para saber os 5 poluentes mais abundantes no nosso convívio.

Então vamos lá! 

 

No livro da médica pesquisadora, PhD Hulda Clark, “A cura para todas as doenças”, em resumo aborda os dois principais causadores primários de todas as doenças: poluentes e parasitas e como prevenir e combater para se auto curar. A autora relata que falta de vitaminas, exercícios físicos e privação do sono são causas secundárias. Para simplificar a auto cura devemos focar apenas no combate, na eliminação de poluentes e parasitas. 

Neste episódio vamos abordar os poluentes. O que são poluentes? São substâncias encontradas nos alimentos e em outros produtos que consumimos na forma de higiene, de cosméticos e limpeza. Os poluentes geralmente habitam lugares inimagináveis. Em outras palavras, poluentes são todas as coisas mortas ao nosso redor que não devem ficar em nosso corpo, mas que invadem através do ar, dos alimentos e bebidas e principalmente através dos produtos de beleza como batom, cremes e shampoos.

Antes de falar quais são os poluentes, você sabia que cada pessoa doente se investigada a fundo, não somente com exames convencionais de sangue, urina, fezes e saliva, mas através da biorressonância, vamos encontrar poluentes e/ou parasitas! 

Por anos acreditamos que a causa do diabetes tipo 2 era o açúcar, do resfriado era o vírus, do câncer era a exposição a substâncias cancerígenas e da depressão era por má parentalidade. Você sabe o que é parentalidade? É o conjunto de fatores biológicos, psicológicos e jurídicos que tornam um indivíduo pai ou mãe de outro indivíduo, em outras palavras, por falta de acolhimento em todos os aspectos, por falta de aceitação, por falta do sentimento de pertencimento, segundo Bert Helinger, pai da constelação familiar. 

O que a autora relata na maioria das vezes, diabetes tipo 2 está relacionado com o vermes do pâncreas de gado que afeta o nossa pâncreas; resfriado relacionado com micotoxinas, principalmente aflotoxinas encontradas no mofo de alimentos como o queijo e o câncer com o parasita facíola hepática, um verme intestinal encontrado no fígado de carneiro.

 

Agora, preste atenção nos 5 poluentes mais abundantes que devemos combater:

Poluente nº1 Solventes: compostos que dissolvem as coisas. O solvente universal é a água, mas felizmente ela não dissolve gordura, ao contrário do solvente a base de benzeno, muito encontrado no petróleo, plástico, fumaças de cigarro, corantes, tintas, pesticidas e produtos farmacêuticos em geral, capaz de dissolver a gordura, destruindo aos poucos a proteção da pele e dos nossos neurônios que são protegidos por estruturas gordurosas e principalmente esse solvente ataca o nosso timo, órgão de suma importância para a defesa do nosso organismo, favorecendo o surgimento da síndrome da AIDS. Além do benzeno, temos o álcool propílico encontrado nos produtos farmacêuticos como removedor de esmalte, desinfetantes e cosméticos que afetam o fígado e estimula o câncer a órgãos distantes. 

Poluente nº2 Metais: seu grande problema é quando está na forma bruta, puro, pois são capazes de inibir as enzimas do nosso corpo. Por exemplo, o cobre inorgânico faz mal, é carcinogênico, mas já na carne, é fundamental para saúde; joias, canos de abastecimento e amálgamas dentários geralmente tem mercúrio que é rico em tálio, metal mais tóxico que o próprio mercúrio que afeta nosso sistema nervoso e endócrino. Temos também o alumínio abundante nas panelas e latas e está intimamente relacionado à parte cognitiva, memoria, foco e mal de Alzheimer, a dica aqui é sempre cozinhar usando colheres de pau nestas panelas.

Poluente nº3 Micotoxinas: substratos altamente nocivos advindas do mofo. A principal é a Aflotoxina que incapacita o fígado por semanas. Muito encontrado nos sucos de fruta de caixinha por causa do mofo das frutas mal armazenadas. A dica aqui é sempre comer a fruta e temperar a salada com vitamina C em pó.

Poluente nº4 Toxinas físicas: são poeiras e micropartículas de vidro provindas das fibras de vidro. Sempre encontramos fibra de vidro ou amianto em tumores sólidos. Imagina respirar micropartículas de vidro, seu pulmão vai se tornar um cemitério de buracos com bactérias e fungos se proliferando. A dica é evitar telhas de fibra de vidro com amianto! 

Poluente nº5 Toxinas químicas: Cloroflurocarboneto, ou , CFC, encontrado nas geladeiras, ar condicionados e desodorantes de aerossóis. Pacientes com câncer apresentam CFC, suspeitando que esta substancia tem atração por outros poluentes. Arsênio também é muito comum por compor inúmeros pesticidas, encontramos principalmente no nosso arroz! Temos o PCB ( bifenilos policlorados ), encontrados em sabão e detergente; Temos o formaldeído encontrado até dois anos após a fabricação de espumas para travesseiro, colchões e sofá.

Resumindo, você vai encontrar um ou vários poluentes se ler a bula dos produtos de limpeza da sua casa, ou do seu carro e do seu gramado! Tem poluente em todo canto e se você não aprender a minimizar o contato com estes poluentes, certamente eles irão leva ló lentamente para a fila do hospital. Felizmente, não vivemos em uma bolha, em contrapartida pagamos o preço. No mundo de hoje, está difícil respirar e não se intoxicar, quem dirá se alimentar ou tomar um simples banho. A dica é sempre procurar alternativas autossustentáveis, naturas, orgânicas, sem tóxicos e colocar em pratica um de cada vez até se tornar um hábito. Por exemplo, troque seu desodorante rico em alumínio e CFC por pedra de amônia orgânica. Caso já esteja doente, a dica é se afastar o mais rápido dos poluentes e fizer a desintoxicação, a expurgação dos poluentes por ressonância e extrato de plantas. Uma vez por ano é aconselhado fazer o detox se você apresenta sintomas de desequilíbrio da saúde física, mental, emocional e espiritual.

A lista completa dos 05 poluentes principais você encontra no link da descrição.

link: http://seronni.com.br/poluentes

No próximo episódio vamos falar sobre ”Poluentes e Parasitas: seriam as causas de todas as doenças? Parte 2 – com ênfase nos parasitas

Espero que tenha gostado do episódio de hoje! Tem algum assunto que você gostaria de saber mais a respeito?

Ficou com alguma dúvida? Venha fazer parte da nossa comunidade no Facebook O Doutor Saúde e sanar todas elas!

Se você gostou curta, comente e compartilhe o Dicas Curtas em suas redes sociais.

Aproveite agora para assinar e acompanhar esse podcast através do seu dispositivo Apple ou Android, sendo que você também pode encontrar o O Doutor Saúde no Spotify e no Deezer.

Agora um anúncio muito importante:

Sabia que a partir de agora você também pode ajudar o Dicas Curtas a crescer ainda mais fazendo parte do grupo de “Apoiadores”?

É isso aí! Com incentivos a partir de 1 real por mês, você ajudará o Dicas Curtas a alcançar mais pessoas, incluir novos experts, e claro, ter acesso ao grupo de apoiadores no Facebook para receber conteúdos especiais e ter acesso a lives exclusivas para poder tirar suas dúvidas ao vivo com o expert de sua preferência.

Para ser um apoiador basta acessar o site: apoia.se/dicascurtas.

O link vai estar disponível na descrição do episódio!

Ficamos por aqui. Continue acompanhando este podcast eu sou Abílio Seronni, O Doutor Saúde do Dicas Curtas.

Um abraço e até a próxima semana.

 

Pin It on Pinterest

Share This