Ouça agora este podcast! “116 Qual o melhor banco digital?”

Você já deve ter notado que os bancos digitais têm ganhado força nos dias atuais. Na verdade isso é bem justificável, já que a praticidade e a eficiência é bem significativa. Nada de filas, filas e mais filas: praticamente se faz tudo pelo aplicativo ou pelo internet banking no computador. Mas e agora, qual o melhor banco digital? É sobre isso que vamos tratar nesse podcast.

Vamos falar sobre:

  • O que são e como funcionam os bancos digitais?
  • Pontos Positivos
  • Pontos Negativos
  • Principais bancos digitais
  • Qual é o melhor banco digital?

Isso tudo para que você tire suas próprias conclusões.

Eu sou Phillip Souza e todas as semanas apresento o Investidor Inteligente, que é o podcast sobre Finanças e Investimentos do Dicas Curtas que te traz informações diferenciadas, orientações e estratégias valiosas que podem te auxiliar e dar o clique necessário para você usar bem o seu dinheiro, seja para resolver algum problema financeiro ou mesmo potencializar sua vida financeira, sempre buscando um bom balanço entre o presente e o futuro, de modo que você possa construir seus resultados e ter mais qualidade de vida e aos poucos amadurecendo nas finanças, se tornando um investidor ainda mais inteligente.

Não perca nenhuma dica, fique por dentro com todas as informações assinando agora gratuitamente esse podcast e acompanhe todas as semanas o Investidor Inteligente do Dicas Curtas.

 

O que são e como funcionam os bancos digitais?

Os bancos digitais são uma modalidade de bancos com um número muito reduzido de agências (alguns deles possuem apenas a matriz), mas com mais praticidade e eficiência nos canais digitais. Estas instituições financeiras têm como foco serviços digitais baseados na tecnologia, praticidade e acessibilidade. Você pode literalmente fazer qualquer coisa pelo aplicativo do seu celular ou pelo internet banking, através de seu computador: realizar transferências, contratar seguros, realizar pagamentos, investimentos, toda sorte de movimentações financeiras.

Praticidade

A praticidade destes bancos digitais é maior devido ao acesso direto à tudo do banco no seu smartphone sem burocracias de ter que autorizar no caixa eletrônico ou com o gerente e com tarifas muito mais acessíveis: inclusive, muitos dos bancos digitais são completamente gratuitos. Tudo de graça: não se paga nada pelos saques, não paga por transferências (TED ou DOC), pelo cartão de crédito, não se paga por serviços que em instituições tradicionais costumam ser cobrados.

Menos burocracia

Outra coisa diferente dos bancos tradicionais, e que é bem irritante, é o processo burocrático: nos bancos digitais muitas vezes não é nem necessário sequer scanear documentos para abertura de conta. Você pode tirar foto pelo próprio aplicativo do banco e assinar pela tela do celular. É realmente uma revolução da praticidade!

Facilidade de abertura de conta

Outro ponto é o seguinte: para abrir conta em um banco digital não é necessário ter uma indicação como acontecia no início do NuBank. É importante apenas ter os documentos necessários como RG, CPF, comprovante de renda e comprovante de endereço e não possuir restrições cadastrais junto ao SPC. Nada de filas nem convites, basta escolher o banco que considerar melhor e pronto.

Atendimento personalizado

É muito importante lembrar que banco digital não é só pelo internet banking e aplicativo. Estes bancos também oferecem diversos canais virtuais de atendimento como chat, Facebook, Whatsapp, vídeo-chamada e, claro, o tradicional atendimento telefônico. Pode ter um pouco de espera, mas o bacana é que os bancos digitais costumam responder a interações em tempo real. O atendimento nos diferentes canais são feitos de modo a servir o cliente e não tem nada de “brigar” para ser atendido.

Enquanto de um lado temos os bancos digitais completamente adaptados à geração tecnológica, na outra ponta temos os bancos tradicionais que possuem certa dificuldade em atender o público jovem e dinâmico – e que estão tentando se adaptar à nova dinâmica de atendimento. A geração atual tem pavor de esperar em fila (fila só se for realmente necessário, sem escapatória) e o procedimento dessas instituições tradicionais ainda visa nos enfiar goela abaixo um título de capitalização ou consórcio – que nós, investidores inteligentes, sabemos bem que não são investimentos.

 

Pontos Positivos

Uma das coisas que mais me chamou a atenção nos bancos digitais é em relação ao horário de atendimento. Enquanto os bancos convencionais te atendem das 10h às 16h (e em algumas agências o atendimento pode começar mais tarde), nos bancos digitais o atendimento tem horários bem mais amplos, inclusive aos finais de semana.

Na hora de investir a facilidade é a mesma. É natural que o cliente tenha diversas opções disponíveis com informações de fácil compreensão. O cliente pode escolher o melhor investimento que for adequado à própria situação com as informações disponíveis. Não tem um “especialista” do banco te oferecendo o melhor investimento para o banco.

 

Pontos Negativos

Porém, nem tudo são flores e rosas. Apesar de para a maioria das operações não ter incidência de taxas, existe uma certa restrição das movimentações físicas principalmente quando falamos de caixas eletrônicos e números de saque. Nestes bancos é comum que o cliente só possa realizar saques na rede Banco 24 Horas e só possa fazer depósitos através de TEDs ou DOCs e depósitos via boleto.

Outra coisa que não existe é aquele contato pessoal com o gerente. O cliente é atendido por um “gerente aleatório” e não cria vínculos com a pessoa que lhe atende. Falando no atendimento, apesar da presteza nas respostas via chat ou outro canal de atendimento a grande maioria das negociações são automáticas. Por exemplo, se você tem um limite de cartão de crédito aprovado de R$1.000 não adianta pedir um aumento no limite se você não tiver uma documentação para fundamentar sua solicitação: isso é quase impossível de conseguir porque é tudo automático e razoavelmente padronizado.

 

Antes de darmos continuidade, queria te perguntar sobre uma coisa:

Sabia que agora você pode ajudar o Dicas Curtas a alcançar mais pessoas fazendo parte do grupo de apoiadores?

Com incentivos a partir de 1 real por mês, você estará contribuindo com o Dicas Curtas para alcançar mais pessoas e incluir novos experts. Talvez você conheça o Investidor Inteligente e os outros podcasts do Dicas Curtas por conta desse tipo de incentivo: e veja o quanto de informações valiosas você já tem à sua disposição de forma totalmente gratuita!?

É claro: você como apoiador terá acesso ao grupo de apoiadores no Facebook para receber conteúdos exclusivos e ter acesso a lives especiais para poder tirar aquelas dúvidas que ainda não foram respondidas ao vivo com o expert de sua preferência. Interessante, não é!?

Para ser um apoiador basta acessar o site: apoia.se/dicascurtas.

O link vai estar disponível na descrição e na transcrição desse episódio!

 

Bom, agora que alinhamos um entendimento básico sobre o funcionamento dos bancos digitais, vamos tratar sobre cada uma das principais e mais famosas contas digitais disponíveis para que você possa escolher qual o melhor banco digital.

Lembrando: talvez eu deixe de falar sobre alguma instituição, não porque ela seja ruim ou coisa do tipo. Simplesmente porque tem surgido muitas instituições novas (novas fintechs) e se eu for exaurir todas as opções disponíveis esse podcast vai ficar extenso demais. Outro ponto: eu não vou esmiuçar todas as características de cada banco digital, senão fica extenso demais e perdemos o foco que é realizar uma breve apresentação e comparação entre as principais instituições. E por fim: confira se as informações da instituição estão alinhadas com o que está sendo apresentado aqui: dependendo do momento em que você estiver escutando esse podcast, serviços, instituições e valores de tarifas podem ter mudado.

Dito isso, vamos lá!

 

Principais bancos digitais

 

Conta Digital Banco do Brasil

O Banco do Brasil foi o primeiro dos grandes bancos a disponibilizar uma conta digital. O nome da conta é “Conta Fácil BB” que pode ser:

  • Conta Fácil Gratuita;
  • Conta Fácil Bônus;

Ambas possuem manutenção gratuita, ou seja, não cobram tarifas. Nestas contas é possível ter cartão de crédito e débito, depósitos ilimitados gratuitos em caixas eletrônicos e transferência para outras contas do BB sem custos. As diferenças entre uma conta e outra está em relação a quantidade de extratos sem custo por mês (1 para Conta Fácil Gratuita; 2 para Conta Fácil Bônus) e a quantidade de saques no caixa eletrônico sem custo por mês (1 para Conta Fácil Gratuita; 4 para Conta Fácil Bônus).

Banco Inter

O Banco Inter (antigo Banco Intermedium) talvez seja o maior banco digital do momento; inclusive tem ações listadas na bolsa de valores (BIDI3, BIDI4, BIDI11) desde 2018. Nesta conta é possível fazer TEDs gratuitos e ilimitados, fornece cartão de débito gratuito (com opção de ter cartão de crédito com a bandeira Mastercard em que há cobranças). Também é possível fazer saques ilimitados na Rede 24 horas, depósitos em dinheiro via boleto (gera-se um boleto no aplicativo, paga o boleto na rede bancária e o depósito acontece em até 48 horas na conta) e cheque por imagem.

Além disso, tem outros serviços interessantes, como possibilidade de contratação de seguros diversos, realização de empréstimos, financiamentos imobiliários, consórcios, câmbio, dá para fazer portabilidade de salário, além de ter uma plataforma de investimentos (Plataforma Aberta Inter – PAI Investimentos) com acesso a diferentes tipos de produtos, dos bancários (CDB, LCI, LCA) a fundos de investimento e acesso a homebroker para investir em ações – e sem custo de corretagem ou custódia!

No banco Inter existe a possibilidade de abertura da conta PJ com a mesma facilidade, podendo fazer até 100 TEDs por mês e gerar até 100 boletos, inclusive podendo abrir conta para Micro Empresário Individual.

Banco Next

O Banco Next é a grande aposta do Bradesco que é seu controlador. As diferenças do Next são algumas funções diferenciadas como fazer vaquinha para um jantar ou festa (e ver quem pagou e quem não pagou, lembra quem esqueceu de pagar) e outros “mimos” que são descontos em coisas relacionadas à tecnologia: o cliente pode obter descontos no Uber, Ifood, XBox, AirBNB e outras plataformas de consumo digital.

A partir de setembro/19 o banco Next passou a não cobrar a tarifa de manutenção decota, que era R$9,95, tornando-se totalmente gratuito. O cliente tem acesso a cartão de crédito VISA internacional, podendo, a partir do pagamento de uma tarifa, ter acesso ao VISA Platinum.

Podem ser realizados saques através das agências do Bradesco ou da rede Banco 24 Horas, sem custo para o cliente. Tem uma plataforma de investimentos voltada para diversos tipos de fundos diferentes (renda fixa, multimercado, de ações) de acordo com os objetivos e perfis dos clientes.

Um ponto que achei bem interessante é que o Next tem uma ferramenta chamada Objetivo, criada para quem tem dificuldade de poupar com o propósito de alcançar algum objetivo desejado. Essa ferramenta realiza uma simulação de acordo com um sonho definido pelo cliente; o aplicativo apresenta uma sugestão de poupança mensal com base no valor e no prazo do objetivo; se o cliente aderir, é realizada uma aplicação automática mensal do dinheiro em um fundo de renda fixa com taxa de administração de 1% ao ano; a aplicação que possui liquidez diária. Existem também outras aplicações que dependem de um aporte inicial mínimo maior e da necessidade de se definir o perfil do investidor (questionário de suitability).

Banco Original

O Banco Original avisa em seu site que existe uma mensalidade de R$ 12,90. O cliente Original tem direito a TEDs ilimitados, transferência para contas do mesmo banco ilimitadas, saque na rede do Banco 24 Horas, extrato de um determinado período ou o extrato mensal, deposito via boletos, pagamento de contas e a possibilidade de diferentes investimentos (CDBs, LCI, LCA, fundos de investimentos diversos) a partir de R$ 1.000,00.

Vale atentar que também existe possibilidade de abertura para conta pessoa jurídica, sendo que o Banco Original também tem um foco especial para o agronegócio.

NuConta

Na NuConta, do NuBank, não há qualquer tipo de tarifa. Aqui o cliente tem direito a TEDs ilimitados, mas não pode fazer saques em dinheiro sem custo como nos demais bancos: existe uma cobrança de R$6,50 por saque efetuado nas redes Banco 24 Horas ou no Saque e Pague. A grande diferença é que o dinheiro em conta rende 100% do CDI o que é uma ótima remuneração.

Até junho/19 não existia garantia do FGC para a NuConta, pois o recurso era aplicado em títulos públicos federais, que quem garante a segurança é o Tesouro. Porém, a partir de junho/19 a NuConta dá a opção de aplicar em RDB (título muito parecido com o CDB), que, nesse caso, tem garantia de proteção pelo FGC.

Atualmente, até a publicação desse podcast, existe uma lista de espera e está em fase de testes a modalidade de empréstimos pessoais e conta pessoa jurídica (pequenos negócios, empreendedores, autônomos e freelancers).

Sofisa Direto

Sofisa Direto é bem interessante para quem quer investir em renda fixa. Nessa instituição também não há cobrança de taxas ou tarifas e você pode investir com apenas R$1! O Sofisa permite fazer depósitos via DOC, TED, cheque por imagem ou boleto. Além disso, tem uma plataforma de investimentos com produtos bancários (CDB, LCI, LCA) e fundos de investimentos de diversos tipos.

Banco Neon

Para ter uma conta nesse banco você deve baixar o aplicativo, fazer o cadastro e, após a aprovação, realizar um depósito inicial para ativar a conta e já estará livre para usar (esse depósito é dinheiro seu, não é tarifa).

O Neon têm função de reconhecimento facial e seus produtos de investimento bancários (CDBs, principalmente) têm garantias pelo FGC. Assim como a maioria também não possui custos para usar o seu pacote básico que inclui transferência grátis para contas de mesmo banco; o cliente pode realizar 1 saque por mês na rede Banco 24 horas e mais 3 saques extras, caso faça pelo menos 10 compras com os cartões físico ou virtual. Também pode realizar depósitos via boleto e transferências bancárias para outros bancos. Na conta Neon Pejota, a emissão de boletos custa R$2,90 e as TEDs custam R$3,50 cada.

 

Qual é o melhor banco digital?

Como você pode perceber, existem várias opções quando se fala em banco digital.

Uma vez que a tarifa zero já é uma realidade para os clientes dessas empresas, outros critérios pesam na escolha. Como vimos, os principais são:

  • Atendimento: o banco oferece um serviço compatível com a sua necessidade? Você prefere atendimento por telefone ou quer resolver tudo por chat? Existem alternativas para os dois casos;
  • Tipos de pagamento: em alguns bancos digitais é possível cadastrar débito automático e pagar guias de impostos, como IPVA, IPTU e DARF. Outros, porém, ainda não oferecem esses serviços;
  • Funcionalidades do aplicativo: os bancos que oferecem a melhor interface estão saindo na frente na conquista de clientes;
  • Parcerias e serviços adicionais: há bancos digitais que oferecem dinheiro de volta na compra de produtos em lojas parceiras e até mesmo em relação a uso do cartão de crédito ou investimentos, o famoso cashback.

Por isso, o melhor banco digital é aquele que oferece o serviço mais adaptado às suas necessidades.

O que fazer? Primeiro que eu não recomendo que você feche sua conta no banco tradicional. Experimente primeiro, conviva com a conta do seu banco digital escolhido por algum tempo antes de tomar a decisão de ficar exclusivamente com ela.

Mas como escolher? Você deve avaliar o seu estilo de vida, suas necessidades e testar. A abertura das contas não representa burocracia; a maioria não tem custo; o que tem de diferença são serviços e ideias de cada plataforma ou instituição. É avaliar com calma o que você usa (para ter mais benefícios) e a partir disso testar se você gosta ou se adapta com a interface, atendimento, e necessidades que cada instituição oferece.

 

Espero que tenha gostado do episódio de hoje! Não existe certo nem errado sobre qual instituição escolher: a melhor para você nem sempre vai ser a melhor para o outro. Eu tenho o perfil de escolher as que me oferecem mais serviços com custo zero. Mas uma outra pessoa pode ter a preferência de escolher aquela instituição que ofereça os melhores benefícios com o uso do cartão de crédito, por exemplo. Portanto, veja os detalhes nos sites dos bancos digitais, avalie o seu estilo de vida, comportamento e uso do dinheiro e escolha o banco digital que mais se adeque à sua vida!

Se você gostou curta, comente e compartilhe nossas publicações do Dicas Curtas nas redes sociais. Ficou com alguma dúvida? Primeiro, basta entrar no grupo do Investidor Inteligente no Facebook e, depois, postar sua pergunta, pois estarei à disposição para esclarecer todas elas.

Assine e acompanhe esse podcast através do seu dispositivo Apple ou Android, sendo que você também pode encontrar o Investidor Inteligente no Spotify e no Deezer.

Ficamos por aqui e até a próxima semana com mais uma dica para a sua vida financeira!

Aqui é Phillip Souza, o Investidor Inteligente!

Investidor Inteligente do Dicas Curtas

Pin It on Pinterest

Share This