Ouça agora este podcast!“048 Suplementos: 5 nutrientes poderosos e escassos”

Você provavelmente já tomou algum suplemento alimentar ou conhece alguém que está sempre tomando. Mas afinal, é necessário a suplementação? Qual o melhor suplemento? Por quanto tempo devo suplementar? Existe outra forma de suplementar além do manipulado?

Olá, aqui é Abílio Seronni, seu Doutor Saúde, do dicas curtas e se você ficou curioso, fique comigo para aprender sobre suplementação e 5 dicas cruciais para sua saúde.

Então vamos lá!

Os suplementos alimentares não são medicamentos e sim preparações destinadas a complementar a dieta e fornecer nutrientes, como vitaminas, minerais, fibras, ácidos graxos ou aminoácidos, que podem estar faltando ou não podem ser consumidos em quantidade suficiente na dieta de uma pessoa. Essa história de suplementação iniciou com atletas de alta performance e espalhou para toda a geração, seja criança, idoso e gestantes. Afinal, todos realmente precisam de suplementos? Depende, como anda sua dieta? Em qual perfil atlético você se enquadra? Qual é o seu biótipo e finalidade de peso? Vamos pontuar. Se você tem uma alimentação viva, orgânica e balanceada em proteínas, gorduras, carboidratos, frutas, legumes e vegetais, faz atividade física 03 vezes na semana com foco em manter apenas a saúde, dorme bem, pratica algum tipo de meditação, se hidrata legal, tem um nível de energia satisfatória, em fim, não apresenta sinais e sintomas de qualquer doença, definitivamente você está livre de suplementação.

Então, quando eu devo suplementar? A suplementação é a ”cereja do bolo”. Em várias situações podemos lançar mão desse artifício. Atletas que querem aumentar o rendimento, gestantes que querem prevenir e proteger sua gestação, crianças que querem aumentar sua imunidade, idosos que querem prevenir sarcopenia e osteoporose, pessoas em geral que durante uma tarde não encontram um lanche ideal por perto pode levar algum tipo de suplemento para facilitar o acesso a um alimento com alto valor biológico, ou seja, que apresenta por exemplo aminoácidos essenciais, aqueles que o nosso corpo não produz e que é essencial para construção de músculos por exemplo.

No mundo de hoje o tempo se tornou seu grande vilão, a suplementação encaixou como uma luva para facilitar a nutrição de forma simples e eficaz. Uma coisa fique bem clara, jamais devemos substituir refeições por suplementos. Isso já passa ser irracional. Suplementos devem ser vistos como sinalizadores celulares com objetivo de melhorar sua qualidade metabólica e não ser a fonte da juventude, de garantia de crescimento muscular e principalmente a substituição da refeição.

Vamos dar um exemplo clássico: se você é um bodybuilder, praticante de fisioculturismo, quer aumentar sua massa magra, seus músculos, somente o suplemento não irá  funcionar! Em primeiro lugar, só vai estar indicado a suplementação depois que você preparar o terreno biológico do seu corpo e da sua mente para receber esses nutrientes. Caso contrário, vai estar jogando dinheiro fora, pois o nutriente, neste caso, nem chegará na suas células, ou chegará com muita dificuldade trazendo pouco rendimento. É preciso manter o balanço nitrogenado positivo, ou seja, ingesta adequada de proteínas para hipertrofia (em média 2gr/kg) associadas a gorduras e carboidratos de qualidade e balanceado para evitar o catabolismo, ou seja, balanço nitrogenado negativo, em outras palavras, para o feitiço não virar contra o feiticeiro e fazer você perder músculo.  Em seguida deverá aumentar a síntese proteica com ajuda de um sono de qualidade, testosterona modulada e exercício físico de contra resistência como por exemplo a musculação sem exaustão para não entrar em catabolismo e por fim a hipertrofia muscular ocorrerá. Lembre se sempre, a base são: treino específico, dieta balanceada e descanso, somente depois adicione a ”cereja do bolo” – a suplementação.

Agora que você aprendeu os suplementos na verdade são complementos e não substitutos, vamos aprender 05 dicas de suplementos poderosos.

Antes de falar das dicas, eu te pergunto: você sabia que a medida que nós envelhecemos, necessitamos de uma concentração maior de ingesta de proteína? A dose recomendada diariamente em média de proteína é 0.8 mg/ kg, com o passar da idade esse valor chega a 1.2 gr/Kg. ,pois a dificuldade de absorção aumenta e a proteína é crucial na formação por exemplo de osteoblastos, células responsáveis pela formação óssea e por isso, a osteoporose vem aumentando nos idosos. A grande causa da má absorção da proteína vem do próprio processo de digestão, inicialmente pela deficiência na mastigação associado a hipocloridria, portanto a dica é mastigar bem sempre os alimentos e fazer uso de enzimas digestivas naturais como bromelina do abacaxi e papaína do mamão. Agora, preste atenção nas dicas:  

Dica 01: Magnésio – sabemos que o magnésio é o maestro de todos os minerais e temos carência de magnésio em nossas águas. Com o objetivo de proteger a saúde do coração seria interessante usar a fórmula de Sinatra: magnésio dimalato, coenzima Q10, L-carnitina e D-ribose, com essa fórmula, Stephen Sinatra, primo de Frank Sinatra tirou vários norte americanos da fila do transplante cardíaco. Se associar a vitamina B23, que é a PQQ ou Pirrioloquinolina que é 100 vezes mais potente que a vitamina C no quesito fator de oxido redução dotado de uma estabilidade imensa, capaz até de cessar o aumento dos cabelos brancos, é a única vitamina capaz de fazer mitocondriogênese, ou seja, aumentar o número de mitocôndrias e seu corpo ficar com mais energia. Finalizando a proteção do coração e do cérebro podemos associar o Ômega 3, especificamente DHA, encontrado no óleo de peixe, linhaça e chia e também o uso de Curry, o açafrão da terra com pimenta do reino, um dos melhores anti inflamatórios naturais.

Dica 02: Cobre – cada ser vivo tem uma frequência única, a do ser humano é a do cobre, por isso podemos chamar esse mineral de diapasão do corpo. Para silenciar qualquer expressão genética que manifesta alguma doença, podemos associa-la ao cromo, cobalto, selênio e zinco. Assim está formado a barreira intermente. Você fica livre de doenças como o câncer, alzheimer, parkinsson e ainda ganha imunidade, regulação da glicose no sangue e uma mente tranquila.

Dica 03: Iodo – a legislação brasileira garante iodo no sal de cozinha, mas esse iodo só previne bócio endêmico, nossa população está vivendo uma epidemia de hipotireoidismo subclínico, ou seja, nos exames laboratoriais não aponta carência mas se aferir a temperatura por cinco dias e tirarmos a média vai estar abaixo de 36,6°C. Para o iodo funcionar tem que ser na versão iodo-iodeto inorgânico na solução de lugol ou na forma de frequência floral associado ao ferro e selênio. Assim, sua glândula tireoide produz o hormônio T3 e seu metabolismo não fica comprometido, além do iodo promover um verdadeiro detox de metais pesados.

Dica 04: Vitamina B12 – o episódio 38 é sobre da vitamina cobalamina mostrando também a epidemia que existe da carência nutricional desta vitamina, o problema da mimetização por parte da B9 e de sua suma importância para saúde e sua relação praticamente com todas as doenças.

Dica 05: Probiótico– impossível falar de saúde sem falar do intestino e a microbiota intestinal é a base da nossa imunidade e é até considerado um novo órgão invisível, porém, muito mais numeroso que a quantidade de células do nosso corpo. Responsável por produzir vitaminas essenciais para nosso sobrevivência, enzimas digestivas e manter o equilíbrio entre saúde e doença, em povos longevos, centenários fazem parte do cardápio diário e para terem efeito desejável deve ser consumido junto com prebióticos que são o alimento dessas bactérias benéficas e a dica de prebiotico é a banana verde.

Dica Extra01: Dhea ( deidroepiandrosterona ), é um hormônio esteroide produzido  a partir do colesterol principalmente pelas glândulas adrenais. Poderíamos dizer que a pregnenolona é o pai dos hormônios sexuais e o DHEA é a mãe, ou seja, produz um pouco menos que a pregnenolona, mas produz muita testosterona e progesterona, depende do sexo da pessoa. O mais importante é saber que a medida que o hormônio do estresse, o cortisol, aumenta, o DHEA diminui, e consequentemente os hormônio sexuais, a melatonina e o Gh também diminui. Portanto, a dica aqui é sempre avaliar a relação DHEA x Cortisol que geralmente está em desequilíbrio e suplementar. Gosto sempre da frequência do DHEA junto com a frequência das adrenais.

Dica Extra02: Melatonina – o hormônio do sono por ser o mais poderoso antioxidante, são incríveis suas propriedades medicinais, no entanto, a dica aqui é usar a frequência pois o alopático é dose dependente, ou seja, se parar de tomar, seu corpo não vai produzir, já a frequência faz sua glândula pineal voltar a produzir o hormônio. Para atuar nas ondas cerebrasi trazendo um relaxamento do SNC, diminuindo a ansiedade e aumentando a qualidade do sono pode se usar as L-teaninas, substancia encontrada no chá verde (camellia sinesis).

Dica Extra 03: Alimento vivo colhido até 48h: aqui você encontra todos os suplementos que seu corpo necessita, barato, natural e muito funcional. O segredo para a longevidade saudável.

A lista completa dos suplementos você encontra no link da descrição.

http://seronni.com.br/lista-suplementos-basicos

Resumindo, existe vários suplementos, vai depender da individualidade de cada organismo, da intolerância alimentar, temos que aprender a ouvir o nosso corpo. Antes de suplementar recomendo sempre buscar ajuda de um profissional da saúde, fazer um detox para que o nutriente chegue até a célula, dê preferencia sempre a suplementos sublinguais, saiba quais suplementos são lipossolúveis e hidrosolúveis, aprenda que alguns são quebrados em aminoácidos e vão ser transformados em outra substância como enzimas e hormônios como é o caso do colágeno, logo, evite o desperdício de tempo, dinheiro e sobre tudo, saúde.

Se você ainda não se atentou para os principais suplementos, comece a prestar a atenção, comece a praticar as dicas que você pode prevenir várias doenças no futuro. No próximo episódio vamos falar sobre monotrópicos, drogas inteligentes que melhoram a capacidade cognitiva do seu cérebro aumentando foco e concentração.

Então, o que você achou dessas dicas, qual assunto vc gostaria de saber mais a respeito?

Ficou com alguma dúvida? Venha ser meu aluno, cadastre se na nossa consultoria online e venha fazer parte da nossa comunidade no Facebook O Doutor Saúde.

Curta, comente e compartilhe usando o Itunes e assine este podcast no seu dispositivo Apple, através do aplicativo podcast ou no seu dispositivo Android usando o aplicativo podcast da sua preferência, assim você fica sabendo sempre quando tiver um novo episódio, e é claro, estamos também no Spotify e no Dezzer.

Continue acompanhando este podcast eu sou Abílio Seronni, o doutor saúde do dicas curtas…

Um Abraço e até a próxima semana.

 

Pin It on Pinterest

Share This