Ouça agora este podcast!“015 Testosterona, 7 hábitos que destroem – Parte 01”

Neste episódio e no próximo eu dedico aos homens, pois, vamos falar sobre o hormônio responsável pelas características do homem – a testosterona. Então já deve ter se perguntado, por que ando sem libido, com problemas de ereção? Por que minha paciência anda tão curta, irritado e até depressivo? Será que existe alguma forma de aumentar minha disposição, meu animo, meu vigor físico, minha energia em geral de forma saudável? Se você se identificou com alguma dessas perguntas, hoje você vai aprender 07 formas que sabotam sua testosterona!

Então vamos lá!

Tudo começou com o físico e fisiologista francês Charles Edouard Brown-Séquard aplicou extratos dos testículos de porquinhos-da-índia e cães em si mesmo. Aos 72 anos, ele afirmou que o procedimento lhe devolveram “seus antigos poderes, impressionante aumento de força, vigor físico e mental” Isso deu asas a imaginação das indústrias farmacêuticas que sintetizaram hormônios para mulheres, nada mais era do que xixi de égua cristalizada culminando em câncer de mama e de útero. Enfim, iniciou uma hormoniofobia dizendo que hormônios causavam câncer, mas já sabemos quais eram esses hormônios.

Agora, com o uso da tecnologia, conseguimos desenvolver hormônios idênticos do nosso corpo, chamados de bioidênticos ou isomoleculares.

Sabemos também, através do estilo de vida moderna desajustada, antecipamos a queda da produção de vários hormônios no nosso corpo, como melatonina, estrogênio, progesterona, o GH, o DHEA e cada um tem suas funções primordiais, principalmente a testosterona, que participa em mais de 200 reações do nosso corpo, que além de ser o hormônio que define as características do homem, também é um hormônio protetor, inclusive contra o câncer, um hormônio que nos dá força, bem estar, saúde física, emocional, mental e espiritual. Também é um hormônio comportamental, responsável pela agressividade, competitividade e dominação. Essa queda que habitualmente se dá por volta dos 50 anos, chamado andropausa, tem surgido cada vez mais cedo e apavorando os homens, mas é claro, seus sintomas vão desde obesidade visceral, aquela barriguinha de chopp, perda de massa muscular chamada sarcopenia, risco de problemas na coronária, até perda do libido, disfunção erétil chegando a depressão.

 

Então eu te pergunto, a medida que envelhecemos, os hormônios caem? Ou os hormônios caem, por isso envelhecemos? Ora, a maioria dos receptores da testosterona está no coração, depois no cérebro, e se nós soubermos o que prejudica o equilíbrio deste hormônio no nosso corpo, logo, vamos começar a prevenir uma série de doenças.

 

Os 07 hábitos que você deve evitar:

1.       Fitoestrogênio – todo alimento que vem em forma de vagem como a soja, a lentilha e alimentos transgênicos, principalmente o milho são ricos em fitoestrogênio, substância que imita o estrogênio, hormônio feminino, verdadeiro disruptor endócrino, feminilizando o homem, portanto, sempre que aumenta o estrogênio, é porque diminuiu a testosterona. Além de diminuir a testosterona, a soja também bloqueia absorção de minerais importantíssimos como zinco e ferro, é rico em omega6, gordura pro inflamatória e tem estudos que apontam formação de câncer de mama. A dica aqui é fugir do leite de soja, do molho shoyo e papinhas de neném rico em soja.

 

2.      Xenoestrogenos – são outros disruptores endócrinos, agem como hormônios alterando a fisiologia do corpo, estão presentes nas garrafas de plástico como bisfenol e quando aquecemos vasilhames de plástico no micro-ondas também libera essa substancia exógena, ou seja, que seu corpo não produz. A dica é usar garrafas de vidro e fugir do micro-ondas, pois além de produzir xenoestrógenos, altera a estrutura molecular das proteínas deixando as inabsorvíveis.

 

3.      Estresse – esse aí está em todas, é o vilão de várias faces, de várias doenças pois altera o equilíbrio dos hormônios em especial a cortisona, que está intimamente ligada a produção de testosterona, ou seja, quanto mais cortisona, menos testosterona você terá. A dica aqui é gerir as emoções com um esporte de competição, como lutas, futebol e corridas.

 

4.      Sedentarismo associado a obesidade– dá pra notar fisicamente, o gordinho geralmente tem ginecomastia, tetas semelhantes das mulheres, a gordura aumenta a enzima aromatase que transforma testosterona em estrona e estriol, feminilizando o homem. A dica aqui é tratar a resistência insulínica repondo cromo, removendo o açúcar e principalmente, combatendo o estresse.

 

5.      Leite e derivados – Se for de vaca zebu, da sua roça, sem hormônios, menos mal, o problema é esse de caixinha, pasteurizado, cheio de hormônios usados para aumentar a produção do leite da vaca que além de diminui a testosterona, vira uma verdadeira pandemia de problemas gastrointestinais, alergias e intolerâncias, sem contar os gazes, azias e má digestão! A dica aqui é beber leite de castanhas como amêndoas e aveia.

 

6.      Cerveja – O famoso pão líquido. Infelizmente, encontramos no mercado cerveja onde indústrias trocam a cevada pelo milho transgênico, rico em fitoestrogênio. Já imaginou a catástrofe? A cerveja já tem maltose que é o açúcar com maior pico glicêmico, ou seja, faz o pâncreas liberar insulina rapidamente facilitando a resistência insulínica, além  do álcool, que engorda e aumenta a aromatase,  ainda tem o lúpulo, altamente estrogênico. A dica aqui é diminuir gradativamente a cerveja até parar e quando for beber que seja com gelo para diluir o problema!

 

7.      Gordura hidrogenada – é a gordura inflamatória, contida no óleo canola, de soja, de girassol. Esse óleo plastifica seu coração, inflama seu intestino, endurece seus vasos sanguíneos, compete com a gordura usada pra formar a testosterona, o colesterol bom, o HDL. Portanto, a dica aqui é fugir desses óleos, da margarina e do requeijão. Prefira óleo de coco, azeite de oliva extra virgem, banha de porco e manteiga.

 

Se você ainda não se atentou para a importância da testosterona, comece a prestar a atenção, e praticar as dicas que você vai sentir no corpo e na mente toda a diferença.

Então, o que você achou dessas dicas, qual assunto você gostaria de saber mais a respeito? Continue acompanhando este podcast eu sou Abílio Seronni, seu Doutor Saúde do Dicas Curta.

Para saber mais, acesse nosso site www.seronni.com.br e adquira nosso livro, habittus seronni ou cadastre-se para o próximo workshop.

 

Ou segue nossa fanpage no facebook, dicas curtas e procure pelo doutor saúde o seu expert em saúde.

 

Um Abraço e até a próxima dica.

 

Pin It on Pinterest

Share This