Ouça agora este podcast! “042 Time de Investimentos”

Em clima de Copa do Mundo vamos falar sobre diversos tipos de investimentos, passando por aqueles que são mais conservadores, aqueles que são considerados mistos e aqueles que são considerados mais arrojados para que você possa montar a sua carteira de investimentos, o seu time de investimentos e alcançar os seus objetivos. Meu nome é Phillip Souza, sou o Investidor Inteligente, do site DicasCurtas.com.br. Meu objetivo é ajudar a fazer com que você se transforme em um investidor inteligente que usa bem o dinheiro para alcançar seus objetivos de forma financeiramente saudável com foco em qualidade de vida. Todas as semanas estarei aqui com vocês compartilhando dicas para construirmos caminhos que levam à conquista de objetivos, à superação de desafios e também à independência financeira. Para ter acesso à essas dicas é bem simples: basta assinar ao podcast e acompanhar todas as semanas o Investidor Inteligente.

Iniciamos então a escalação do nosso time de investimentos começando pelo gol. No gol nós temos a Caderneta de Poupança, representada pelo nosso amigo Porquinho. Ela está inserida no mercado de renda fixa em que a maioria dos brasileiros investe nesse tipo de investimento, seja por falta de conhecimento ou por falta de planejamento. É um tipo de produto que pode ser interessante para se colocar dinheiro no curtíssimo prazo, mas para o longo prazo existem outras possibilidades das quais você pode colocar os seus recursos; existem outros goleiros mais interessantes. Portanto, a Caderneta de Poupança é um tipo de investimento de risco muito baixo, porém, em contrapartida, ela tem a característica de não trazer grandes remunerações.

Na defesa, mais na zaga direita, nós temos o Certificado de Depósito Bancário, CDB, representado pelo nosso amigo Selinho. O CDB é um tipo de produto que você investe o seu dinheiro através dos bancos. É interessante nós ficarmos atentos em relação à algumas características: primeiro verificar se tem liquidez diária ou, de acordo com a sua estratégia, não tenha liquidez; e também é interessante ficar atento à rentabilidade desse produto da qual se tiver mais liquidez provavelmente essa rentabilidade vai ser baixa, mas se tiver menos liquidez podendo resgatar esse produto, esse investimento, daqui alguns anos, essa rentabilidade pode ser maior. É interessante também notar que o CDB pode ser uma estratégia interessante na sua defesa e é interessante lembrar que esse tipo de produto incide imposto de renda.

Ainda no mercado de renda fixa, na nossa defesa, nós temos na zaga esquerda outro tipo de produto que são as letras de crédito, podendo ser letras de crédito do agronegócio (LCA) quanto letras de crédito imobiliário (LCI). As letras de crédito representadas pelo nosso amigo Casinha são investimentos bem interessantes que dependendo da instituição você pode precisar de mais recursos para estar investindo nessa aplicação. Contudo, são investimentos extremamente interessantes para o investidor pessoa física, pois são produtos que não tem imposto de renda e isso faz com que a sua remuneração, a sua rentabilidade fique cada vez mais atrativa.

Aproximando do meio de campo, mas ainda na defesa, nós temos o nosso amigo Tesouro Direto, representado pelo Baú do Tesouro. Apesar de ser um produto de renda fixa o Tesouro Direto tem uma posição extremamente versátil e pode ser mais conservador atuando mais na defesa, mas também ele pode estar mais no meio de campo sendo um pouco mais arrojado. É um produto que tem diversos tipos de jogadores que podem atuar nessa posição. É um tipo de produto em que você pode colocar o seu time mais conservador, seja com Tesouro Selic ou com Tesouro Pré ou também você colocar seu time mais para frente, mais arrojado a partir do Tesouro IPCA. Tudo depende da sua estratégia, tudo depende do seu objetivo – defina bem para que você possa colocar um posicionamento tático bem inteligente.

Ainda no campo de defesa, mas aproximando do meio de campo, nós temos como ala esquerdo um produto muito pouco conhecido: as debêntures, representada pelo nosso amigo Cadeado. As debêntures são produtos extremamente versáteis com diversas características diferentes, prazos diferentes, formas diferentes de serem estruturadas. Enquanto no CDB (Certificados de Depósito Bancário) você empresta o seu dinheiro para o banco, no Tesouro Direto você empresta o seu dinheiro para o Governo Federal, nas debêntures você pode emprestar o seu dinheiro para empresas de capital aberto, tanto empresas estatais quanto empresas privadas. Vale a pena observar que nesse sentido você não se torna sócio da empresa, você se torna credor – a empresa deve à você. Vale a pena também lembrar que esse tipo de produto é um pouco mais arrojado no mercado de renda fixa, portanto, merece mais atenção, merece mais estudo, merece um acompanhamento um pouco mais de perto para que você possa estruturar uma estratégia perfeita no seu time de investimentos.

Agora, a partir do meio de campo e no ataque nós temos produtos que são possíveis de serem acessados através da bolsa de valores, por isso você precisa de ter o seu cadastro em uma corretora par que você possa investir nesses produtos.

Bem no meio de campo nós temos um produto muito interessante, pouco conhecido pelos brasileiros, que são os fundos imobiliários. Os fundos imobiliários são produtos que têm uma característica de serem mais mistos, em que você pode ganhar tanto com a valorização das cotas do seu fundo imobiliário quanto com o aluguel que é pago, dependendo do fundo que você está investindo. É interessante esse tipo de produto pelo seguinte motivo: muitas vezes no mercado imobiliário você precisa de uma quantia muito expressiva de dinheiro para que você possa comprar um imóvel e assim participar do mercado imobiliário. Com o fundo imobiliário não: você simplesmente tem que escolher, e escolher bem o seu fundo imobiliário, ter centenas de reais ou alguns milhares de reais para que você possa estar participando desse mercado de forma extremamente flexível. Esse investimento precisa de um pouco mais de estudo, um pouco mais de avaliação para você verificar quais são os jogadores que você pode colocar nessa posição, já que existe uma quantidade razoável de fundos imobiliários. Avalie os riscos, avalie as oportunidades, avalie aquilo que pode encaixar de acordo com a sua estratégia de investimento no seu time de investimento!

Ainda tratando de renda variável, na região do meio campo, nós temos na ala direita, o fundo de índice em que você agora efetivamente começa a atuar no mercado de ações. O fundo de índice pode ser um produto em que você pode acessar o mercado de renda variável com mais tranquilidade, em que você compra cotas do fundo de índice na bolsa, acompanha um índice ao invés de acompanhar várias empresas ao mesmo tempo. Isso ajuda muito na questão de avaliação, na questão de percepção e mesmo sentir se esse tipo de mercado é para você. E um produto interessante em renda variável porque você aplica o seu dinheiro em um fundo da qual está investindo em várias ações ao mesmo tempo, então fica muito mais fácil de estar acompanhando, pois você só vai acompanhar apenas um ativo.

Atuando na posição mais à esquerda, um pouco mais avançado, aproximando do ataque nós temos agora o investimento em ações. Nesse tipo de investimento você precisa de mais estudo, aprender mais sobre a empresa que você quer colocar seus recursos, pois você vai se tornar sócio dessa companhia. Portanto, os riscos são um pouco maiores sim. Apesar de serem investimentos mais arrojados em que você tem que tomar cuidado, você sim pode ter uma posição privilegiada com diversos tipos de jogadores e que podem fazer com que a sua carteira de investimentos, o seu time de investimentos, se desenvolva mais rapidamente. Apesar das oscilações de curto prazo, apesar das intempéries que podemos encontrar ao longo do caminho, as ações das empresas que você escolher para essa posição podem fazer uma diferença imensa, especialmente se você escolher empresas que tenham a característica de terem boa saúde financeira, uma boa gestão e um bom mercado de atuação.

Agora na região de ataque nós temos produtos extremamente arrojados. Eles são chamados de derivativos, são produtos extremamente alavancados em que o risco é muito, muito, muito maior, portanto exige muito mais habilidade, exige muito mais conhecimento e exige também prática.

Na ponta esquerda no ataque nós encontramos os derivativos financeiros representado pela Cédula de Dinheiro. Esses derivativos financeiros podem ser investimentos tanto em moedas estrangeira quanto em índice. Basicamente a ideia é que se você estiver esperando uma alta você possa comprar contratos e lucrar com essa alta e se você estiver esperando uma queda no mercado você pode também estar vendendo esses contratos lucrando com essa operação. A maioria dos investidores pessoa física no mercado brasileiro nessa modalidade de investimento são especuladores, esperando tanto a alta quanto a baixa para que possa lucrar com essa movimentação. Contudo, vale a pena atentar para o seguinte detalhe: são investimentos arrojados da qual você está alavancado, ou seja, seu potencial de risco e talvez potencial de prejuízo e também ganho pode ser bem grande.

Se você acha que não existe mercado mais arrojado que esse, tem sim: é o mercado de opções atuando na ponta direita no nosso time de investimentos. O mercado de opções vislumbra muita gente, pois é um tipo de ativo em que você pode ter valorizações muito expressivas: 100%, 200%, 300%, 1.000% em um dia, porém, da mesma forma que pode trazer essa lucratividade tão expressiva, pode também trazer prejuízos, fazendo com que você perca todo seu recurso se você não tiver uma estratégia junto com esse tipo de investimento nessa posição no nosso time de investimentos. Vale a pena aprender sobre o mercado de opções, pois existem várias estratégias das quais você pode dar uma turbinada em seus investimentos, contudo vale a pena estudar bastante porque existem várias estratégias diferentes, várias possibilidades e o potencial de risco, se você não fizer direito, pode ser muito grande, fazendo com que você tenha grandes prejuízos.

Para fechar o ataque, nós temos os derivativos agrícolas. Na posição de centroavante, representado pelo nosso amigo Boi Gordo! Nessa posição você pode investir em alguns produtos agrícolas sem ter o produto efetivamente: você pode investir tanto em café, milho, soja ou no boi gordo. São produtos muito interessantes para ter em sua carteira de investimentos em seu time de investimentos, para dar aquela apimentada no jogo. Mas vale a pena entender muito bem como funcionam porque são produtos alavancados e o seu potencial de risco é bem alto.

Sempre vale ressaltar que os derivativos são produtos extremamente arrojados, das quais você precisa entender o que está fazendo, estudar um pouco mais para entender também quais são as possibilidades de ganhos, principalmente, quais são os riscos envolvidos para não ter surpresa.

Esses são alguns dos produtos de investimentos que existem no mercado de capitais, desde os mais conservadores passando pela renda fixa, passando pelos mistos, chegando à renda variável e aos super arrojados que são os derivativos. Quais desses investimentos você conhece ou quer conhecer mais? Quais outros produtos de investimento você gostaria de conhecer que eu não citei aqui nessa escalação do time dos sonhos?

Espero que vc tenha gostado dessa dica do time dos investimentos! Participe conosco através das redes sociais, do grupo do Investidor inteligente no Facebook. Assine o podcast do Investidor Inteligente do DicasCurtas através do aplicativo de podcast de sua preferência. Assim, você receberá uma notificação sempre que um novo episódio estiver disponível. Conheça nosso time de experts através do site www.DicasCurtas.com.br. Ficamos por aqui e até a próxima semana com mais uma dica do Investidor Inteligente! E olha o contra-ataque, a bola vai chegando na grande área, movimentação rápida do nosso atacante… olha o gol, olha o gol, olha o gol! Gooooolll é do…

Investidor Inteligente do Dicas Curtas

 

Pin It on Pinterest

Share This