Ouça agora este podcast!

“066 Tricologia: 5 dicas para melhorar a saúde do cabelo!” Você já imaginou tomar uma simples tintura de planta e seu cabelo voltar a nascer? Descobrir que um parasita chamado taenia saginata, aquele verme que você talvez esteja criando há anos na sua barriguinha está te deixando de cabelos brancos literalmente? Sabia que 80% da população brasileira tem toxoplasma gondii intracelular, aquele parasita transmitido pelo gato e este pode ser a causa da sua calvície, pois dificilmente ele é detectado nos exames de rotina?

Olá, aqui é Abílio Seronni, O Doutor Saúde, do Dicas Curtas e se você quer saber mais sobre tricologia, fique comigo para aprender mais sobre essa forma incrível de biomarcador da saúde – o cabelo.

Então vamos lá!

Tricologia é uma área da dermatologia que estuda pêlos e cabelos, enfatizando a desintoxicação, o aumento da oxigenação e favorecendo a distribuição de nutrientes. A ideia é que as pessoas tenham o mesmo cuidado que têm com a pele do rosto, do corpo, com couro cabeludo. A grande maioria busca o profissional tricologista para tratar queda de cabelo e calvície. O conhecimento antigo que se tinha na era pré genômica, era em que se acreditava que éramos refém da genética, sobre a causa da queda de cabelo em geral se dava pelo fator genético do aumento de um hormônio chamado DHT (dihidrotestosterona) que interfere diretamente no crescimento capilar. Mas esse conhecimento já caiu por terra na era pós genômica, onde o fator genético influencia cerca de 2%, onde a epigenética, o estilo de vida é o fator determinante se você vai ficar careca como seu avô ou não!

Hoje sabemos que existe uma evolução do tipo de calvície, determinada em geral pela tríade do desequilíbrio de órgãos, glândulas e hormônios e não mais pelo fator genético chamado de “alopécia androgenética “. Segundo inúmeros artigos publicados descobriram se a relação da tríade x distúrbios capilares, por exemplo, na Revista J. Pediatria Endocrinal Mebolic em novembro de 2009, do autor Guran, mostrou que a porta de entrada para o desequilíbrio é a tríade tireoide-pâncreas-adrenais que em geral leva o paciente a um quadro de hipotireoidismo subclínica, com manifestação de calvície do tipo coronal, aquela coroinha na parte de trás da cabeça. Se não tratado, evolui para a tríade fígado-linfa-rim, segundo o artigo publicado pela Q.J. Med, 1976, afetando os órgãos excretores, o paciente entra no quadro de fadiga adrenal, ocasionado geralmente por um parasita instalado em alguns destes órgão levando a cirrose, disbiose ou celíaco em geral, aqui o paciente manifesta dificuldade de crescimento capilar.

Em sequência, se não tratado, evolui para a tríade cérebro-intestino-sistema imune, que para medicina chinesa, trata se de um órgão só! Aqui o paciente manifesta uma calvície difusa com aquelas entradas proeminentes na parte frontal. Avançando, chegamos ao desequilíbrio dos órgãos cardiopulmonar, aqui você já está altamente propenso ao infarto agudo do miocárdio e o paciente apresenta uma calvície do tipo em “C” na parte frontal-lateral e por fim chegamos na tríade estrogênio-progesterona-testosterona onde o paciente apresenta uma calvície do tipo standar coronal, todo calvo na parte superior.

As causas podem ser diversas, as mais comuns são intoxicações por: metais tóxicos, como arsênio do arroz, mercúrio do peixe e amálgama dentário, alumínio do desodorante e das panelas, parasitas como: taenia, giárdia e toxoplasma do gato, também podem ser por intolerância alimentar do leite, trigo e glúten e ainda por bactérias como H. pylori, vacinas do BCG, tétano, foco de contaminação dentária e o estresse. Tudo isso é chamado na medicina quântica de ”campos de interferência” onde roubam elétrons do nosso corpo enquanto tudo aquilo que trás saúde, doa elétrons como é o caso da maioria dos antioxidantes e alimentos vivos.

Agora que você aprendeu que o cabelo é um biomarcador de saúde, vamos conhecer 5 dicas para melhorar sua saúde.

Antes de falar das dicas, eu te pergunto: você sabia, que na Alemanha já existem escolas onde as classes são formadas por alunos com os mesmos dons, seja ele musical, sinestésico ou  atlético? Isso se deve porque eles já fazem a alimentação arquetípica em seus filhos de acordo com a genética determina para expressar os melhores genes dos seus antepassados. Como assim? Eles já individualizaram a alimentação de acordo com a fonte madre. Há 40 anos, os alemães já utilizam a biorressonância para selecionar qual alimento que ressona com o seu corpo, que está em harmonia frequencial e qual alimento que trás desequilíbrio.

Assim, eles conseguem otimizar a nutrição e promover a expressão gênica dos seus antepassados, em outras palavras, seus filhos nascem com o coração mais forte do seu pai, com a melodia de canto da sua mãe, com os pulmões fortes do seu avô, enfim, puxam geneticamente o que tem de melhor nos antepassados, por isso são considerados a raça mais evoluída do planeta.

Banner com Link para acesso a MaxMilhas

Agora, preste atenção nas dicas de saúde para o cabelo:

Dica 01: Diagnóstico – primeiro você precisa entender de onde vem essa perda de cabelo, esses fio quebradiços, essas pontas duplas. Se a origem foi intrauterino ou se foi pelo estilo de vida através da contaminação por metais tóxicos, parasitas, alimentos e maus pensamentos ou se foi por foco de contaminação dentária . Uma boa anamnese associada aos exames de saliva e biorressonancia são ferramentas poderosas que auxiliam no diagnóstico.

Dica 02: Detox – ”Tirar o que está atrapalhando e o paciente se cura”. Não adiantar querer nutrir se o receptor da célula está ”enferrujado”. Limpar o terreno biológico é fundamental para otimizar a resposta celular. Aqui a dica é usar Chlorella para quelar metais pesados, tintura de plantas para vermes, como exemplo erva de São João para matar toxoplasmose, LDN/HCG para remover a síndrome pós finasteride e anticoncepcionais e potencializar com vitamina K2 e D3. A dica aqui é mirar pro alvo certo e atirar.

Dica 03: Nutrição – Aqui você precisa dar nutriente como zinco e selênio para ajudar na formação dos antioxidantes como Glutationa, Superóxido Desmutase, ácido lipóico e melatonina.

Dica 04: Fitoterápicos – alguns fitoterápicos irão ajudar no controle do DHT.  São eles: sal palmeto, crisina(flavonoide), tribulus terrestris, óleo de coco e a curcumina longa. A dica aqui é sempre testar qual deles está em harmonia com seu corpo.

Dica 05:  Dieta – retirar alimentos pro inflamatório e reajustar com alimentos que irão doar elétrons para seu corpo, isso irá fazer toda a diferença para a sua saúde e também a saúde do seu cabelo, pois quando o corpo está em carência nutricional, ele entende que o cabelo não tem muita serventia, por isso, é o primeiro lugar de onde o corpo tira nutrientes para se equilibrar.

A lista completa das principais dicas você encontra no link da descrição.

link: http://seronni.com.br/tricologia

Resumindo, o cabelo é um poderoso biomarcador de saúde! Se estiver caindo, perdendo a força, clareando, arrebentando, raleando ou branqueando, fique atento e não se entregue pra genética! Existem pessoas que convive anos e anos com parasitas e até desenvolvem doenças autoimunes por conta deles. Chega a gastar horrores de dinheiro com terapias a laser, de CO2, microagulhamentos, radiofrequência, fator de crescimento, finasterida, quando a causa estava ali, dentro de você, roubando e consumindo sua energia, desequilibrando todo seu eixo neuro endócrino enquanto sua solução estava bem ali na natureza, em uma simples solução de tintura fitoterápica para eliminar tal parasita.

No próximo episódio vamos falar sobre uma fruta azedinha italiana que adoça sua vida abaixando seu colesterol LDL, seus triglicerídeos e o nível de açúcar no sangue.

Espero que tenha gostado do episódio de hoje! Tem algum assunto que você gostaria de saber mais a respeito?

Ficou com alguma dúvida? Venha fazer parte da nossa comunidade no Facebook O Doutor Saúde e sanar todas elas!

Se você gostou curta, comente e compartilhe o Dicas Curtas em suas redes sociais.

Aproveite agora para assinar e acompanhar esse podcast através do seu dispositivo Apple ou Android, sendo que você também pode encontrar o O Doutor Saúde no Spotify e no Deezer.

Agora um anúncio muito importante:

Sabia que a partir de agora você também pode ajudar o Dicas Curtas a crescer ainda mais fazendo parte do grupo de “Apoiadores”?

É isso aí! Com incentivos a partir de 1 real por mês, você ajudará o Dicas Curtas a alcançar mais pessoas, incluir novos experts, e claro, ter acesso ao grupo de apoiadores no Facebook para receber conteúdos especiais e ter acesso a lives exclusivas para poder tirar suas dúvidas ao vivo com o expert de sua preferência.

Para ser um apoiador basta acessar o site: apoia.se/dicascurtas

O link vai estar disponível na descrição do episódio!

Ficamos por aqui, continue acompanhando este podcast eu sou Abílio Seronni, O Doutor Saúde do Dicas Curtas.

Um abraço e até a próxima semana.

Pin It on Pinterest

Share This