Ouça agora este podcast! “033 Uma semana sem treinamento: quanto de aptidão perdi? Quanto tempo levaria para recuperá-lo?”

No episódio de hoje vamos falar sobre uma semana sem treinamento: quanto de aptidão perdi? Quanto tempo levaria para recuperá-la?. Mas antes disso gostaria de te convidar a integrar o nosso grupo fechado no facebook. Lá você terá acesso a várias informações e textos sobre atividade física, acesso a outros ouvintes e também poderá esclarecer suas duvidas direto comigo. Então procure pelo Cara da Academia e solicite sua participação.

Nem todo mundo concorda com as respostas para essas perguntas. Recentemente, tive acesso a um parágrafo do livro, Marathon: The Ultimate Training Guide: “Pesquisado por  Edward F. Coyle, Ph.D. na Universidade do Texas em Austin, que sugere que os corredores começam a perderem a forma física depois de 48 a 72 horas, e que são necessários dois dias de reciclagem para recuperar a aptidão perdida para cada dia de treinamento ignorado. Isso não significa que você nunca deveria descansar, mas se você perder muito tempo, levará mais tempo para voltar. ”

Nem todo mundo quer ouvir que o alto nível de condicionamento físico que ganharam durante 18 semanas de treinamento de maratona poderia se perder, em apenas três dias. Claro, eu não afirmei que 18 semanas de treinamento desapareceriam em três dias, apenas que um declínio inevitável e quase imperceptível, ligado à inatividade, havia começado. Lembre-se, que a aptidão física não é tudo ou nada. Certamente, correr no quarto dia interromperia o declínio. Mas a questão final permanece: existe um momento preciso em que nossos corpos começam a perder a forma física?

O mesmo Edward F. Coyle. em um recente comentário: Para me certificar de que estou atualizado, fiz uma breve resenha sobre “destreinamento”. Meu trabalho anterior ainda parece correto. De fato, um dos melhores estudos adicionais foi feito pelo grupo de David L. Costill (na Ball State University) sobre nadadores, que apresentaram grandes quedas na capacidade oxidativa após 10 a 12 dias. Eu tento explicar isso como “uma pessoa perde aproximadamente 50% da aptidão que desenvolveu quando não faz absolutamente nenhum treinamento por 12 dias. Existem algumas adaptações que você mantém por pelo menos três meses, ou seja, as adaptações cardiovasculares do tamanho do coração e da densidade capilar da musculatura ”.

Em um outro estudo o Dr. Coyle convenceu um grupo de corredores altamente treinados que percorre 80 milhas por semana e ciclistas que viajavam 400 km por semana a deixar o treinamento. “Suas pontuações medidas de consumo de oxigênio diminuíram rapidamente no início”, disse o Dr. Coyle. Ironicamente, os atletas mais bem treinados perderam mais. Aqueles atletas menos treinados tinham menos a perder. ”Depois de três meses, no entanto, todos estavam destreinados.

Essa perda pode ser um pouco evitada se você pelo menos incluir em seu cronograma um a três dias por semana de treinamento de manutenção, especialmente se incorporar exercícios de alta intensidade que se aproximam do VO2max. Claro que, treinamento de alta intensidade traz certos riscos de lesões. Passar de três meses de inatividade para corridas de 100 metros é quase certamente uma receita para danos e lesões.

Essa é uma das razões pelas quais eu promovo consistência. Você não precisa permanecer na melhor forma 12 meses por ano, mas fazer um pouco de trabalho de manutenção durante períodos de folga, ajuda a evitar a perda total de condicionamento físico.

Consistência é a regra do jogo. Isso e o fato de que treinar é uma atitude, além de ser um modo de vida.

 

Pin It on Pinterest

Share This