Ouça agora este podcast!“069 Zwift+TrainingPeaks=Qualidade de treino”

Para ciclistas e triatletas, treinar dentro de casa é geralmente uma tarefa solitária e chata. Mas montar o rolo de treino ou correr na esteira muitas vezes é necessário devido ao mau tempo, dias corridos, falta de estradas adequadas ou para executar um treino da forma mais perfeita possível.

Eu sou Renato Silva, o Cara da Academia do Dicas Curtas e semanalmente trago aqui neste podcast, várias dicas e informações para ajudar você a desenvolver nas suas atividades físicas, seja iniciante, intermediário ou atleta.

Então para que você não perca nenhuma dica e fique atualizado com todas as informações que estarei compartilhando aqui, basta assinar o podcast e acompanhar todas as semanas o Cara da Academia do Dicas Curtas. 

Então vamos para o que interessa!

A proliferação de rolos inteligentes desencadeou uma indústria de aplicativos indoor que não são apenas ferramentas de treinamento eficazes, mas também podem ser envolventes e divertidos. O Zwift é um exemplo de um produto que leva o treinamento interno para um alto nível.

O Zwift oferece centenas de quilômetros de estradas para explorar, passeios em grupo, treinos e corridas, e até mesmo algumas conquistas no estilo de videogame e progressão para motivação extra.

Para treinadores e atletas que têm seus objetivos e planos de treinamento mapeados no TrainingPeaks, o Zwift tem várias ferramentas integradas que podem tornar mais fácil e divertido manter seus planos de ciclismo e corrida.

Como começar a usar o Zwift com TrainingPeaks?

Para começar a usar o Zwift com o TrainingPeaks, você deve integrar suas contas. Depois de criar uma conta Zwift, você pode navegar para my.zwift.com/profile/connections e encontrar a seção TrainingPeaks. Clique em “conectar” e digite seu nome de usuário e senha do TrainingPeaks.

Agora, seus exercícios completos não só serão sincronizados com sua conta TrainingPeaks (incluindo dados de mapas e elevação), mas também quaisquer treinos estruturados baseados em potencia para ciclismo ou distância e ritmo de corrida planejados em seu calendário TrainingPeaks no Zwift. Você também terá um kit de ciclismo chamado TrainingPeaks disponível para o seu avatar assim que você conectar suas contas.

Uma nota para os utilizadores da Garmin: se já estiver utilizando o Garmin Connect Autosync, poderá ficar tentado a sincronizar a sua conta Zwift com o Garmin Connect, mas o Garmin Connect não enviará os treinos do Zwift para o TrainingPeaks para evitar potenciais treinos duplicados, então você terá que configurar a sincronização do Zwift para o Garmin Connect e o TrainingPeaks individualmente.

Diferentes modos de treino

Existem essencialmente três modos de treino no Zwift: apenas pedalar ou girar, treino com orientação do treinador e treino sem orientação do treinador. Cada um pode desempenhar um papel útil no seu ciclo.

Modo passeio

“Just ride” é exatamente o que parece. Esta opção permite que você explore os mundos virtuais do Zwift com rotas pré-selecionadas, ou você pode escolher seus próprios desvios ao longo do caminho. Se você estiver usando um rolo inteligente, a resistência mudará com base no terreno.

Você pode se ver, ficando de pé e mudando sua cadência muito mais do que está acostumado, e isso por si só pode fazer com que um treino interno seja muito mais divertido e estimulante que em um rolo convencional.

Com uma variedade de opções de rotas, que vão de “montanhoso” a “totalmente plano”, o modo de corrida é uma ótima opção para treinos não estruturados, como longas viagens de endurance ou passeios regenerativos.

Modo treino

Se você tem uma série um pouco mais específica planejada em um determinado dia, o Zwift também possui recursos de treino dedicados com dois modos diferentes. Além de uma biblioteca de exercícios integrados, qualquer treino estruturado baseado em potencia no calendário do seu TrainingPeaks também aparecerá na sua lista de exercícios no Zwift.

Ao realizar um treinamento estruturado no Zwift, você não terá mais alterações de resistência baseadas no terreno do seu rolo inteligente, mas sua velocidade virtual será alterada para refletir as alterações na sua potência.

O mostrador do Zwift também mudará do modo “Just ride” para exibir todas as etapas do seu treino, incluindo as durações dos intervalos e os alvos de potencia. Você também receberá alertas na tela e faixas na estrada mostrando onde começar e terminar seus intervalos em cada esforço.

Você receberá até um feedback em tempo real no final de cada intervalo, mostrando o quanto você concluiu essa etapa. Quando você usa o modo de treino no Zwift e sincroniza com o TrainingPeaks, todos os seus intervalos serão marcados como voltas, o que seu treinador provavelmente vai gostar quando for analisar seu treino.

Quando você escolhe um treino no Zwift, também terá a opção de deixar o Zwift controlar a resistência do seu rolo inteligente (modo erg), ou apenas usar a curva de resistência padrão. Cada uma dessas opções pode ser útil, dependendo dos seus objetivos.

Com o modo erg habilitado, o Zwift se comunicará com seu rolo para ajustar automaticamente a resistência e garantir que você esteja no alvo da potência para essa etapa do seu treino. Tudo o que você precisa fazer é escolher uma boa combinação de equipamentos e manter uma boa cadência.

O modo erg é útil se você quer ter certeza de que executou um treino da maneira perfeita, ou se você não desenvolveu a habilidade para dar um ritmo adequado aos tipos de esforços que você planejou (incluindo os intervalos de descanso).

Sem o modo ERG ativado, você sentirá a curva de resistência normal do seu rolo, portanto, seja necessário ajustar sua cadência ou as marchas para acertar seus alvos de potencia corretamente. Essa configuração pode ser mais útil para treinos com esforços realmente curtos que o rolo pode ajustar com rapidez suficiente, para intervalos que não tenham alvos de potência específicos (por exemplo, sprints), se você quiser melhorar o controle e o ritmo de determinados tipos de esforços, ou para FTP ou outros testes.

Além disso, o Zwift tem um recurso especialmente útil que permite ativar ou desativar o modo erg no meio de um determinado exercício, conforme necessário.

Então, se você está procurando uma forma melhor de executar seus treinamentos, ou apenas uma maneira de ajudar as horas passarem um pouco mais rapido, o Zwift pode ser a ferramenta que você precisa para seguir o seu plano do TrainingPeaks.

Espero que tenha gostado do episódio de hoje!

 

Curta, comente, compartilhe e deixe sua avaliação no ITunes para que este conteúdo chegue cada vez mais longe, ajudando mais e mais pessoas a melhorarem e se desafiarem a fazer mais no esporte.

Caso fique com alguma dúvida, me procura lá no grupo do Cara da Academia no Facebook, pois estarei à disposição para esclarecer todas elas.

Assine este podcast no seu dispositivo Apple através do aplicativo Podcast, ou no seu dispositivo Android usando o aplicativo de podcast’s de sua preferência.

E claro também através do Spotify e do Deezer. Assim você irá receber uma notificação sempre que um novo episódio estiver disponível.Conheça também nosso time de experts através do nosso site: www.dicascurtas.com.br.

Até a próxima semana!


Como começar o ano motivado | O Cara da Academia

 

Pin It on Pinterest

Share This